Nó De Cachorro Segunda-feira, 09 de Maio de 2011, 21:53 - A | A

Segunda-feira, 09 de Maio de 2011, 21h:53 - A | A

Do fogo à brasa

O ainda presidente da MT Fomento, Arcleidy Dias, não está sendo promovido ao ir para o ministeriado, ops, assessoria do Ego Moraes, naquela autarquia famosa. Na verdade, ele está sendo defenestrado da MT Fomento, depois que seu patrão queimou a indicação de José Luiz Bezerra para o cargo. Carlos Bezerra, tio e padrinho do rapaz fritado, não gostou da fervura do pimpolho, e chegou a tomar satisfações pessoalmente com o governador Silval Barbosa, quando ocorreu o episódio, no início do ano. Numa jogada que só as velhas raposas da política sabem fazer, Bezerra, todavia, atendendo aos pedidos de SB, disse que perdoou Ego Moares, mas não se esqueceu da desfeita. E fez a jogada de mestre na sequência: indicou para o lugar ninguém menos que um sobrinho querido do ministro Gilmar Mendes, Mário Milton Ferreira Mendes. Moral da história: Bezerra não emplacou o seu próprio sobrinho, como queria, mas vingou direitinho sua fritura ao indicar o sobrinho do ministro do Supremo. Nessa fogueira quem se queimou de verdade foi Arcleidy, que tem o padrinho, curiosamente, mais incendiário. Dançou - mas continuará sob a proteção de Ego Moraes na sua própria fornalha, a partir de daqui a alguns dias.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros