Domingo, 16 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

Mundo Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 11:45 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 11h:45 - A | A

Passageiro morre em voo da Singapore Airlines após avião ser atingido por forte turbulência

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

Um britânico de 73 anos morreu e dezenas de outros passageiros ficaram feridos depois que um voo operado pela Singapore Airlines, entre o Reino Unido e Cingapura, passou por uma turbulência severa e caiu quase 2 mil metros em poucos minutos nesta terça-feira, 21, sobre o Oceano Índico.

O voo desviou da rota e fez um pouso de emergência em meio a uma tempestade em Bangkok, na Tailândia. De acordo com autoridades, o homem pode ter sofrido um ataque cardíaco, embora essa informação não tenha sido confirmada. O nome do passageiro não foi divulgado.

De acordo com um post da companhia aérea no Facebook, o voo realizado em um Boeing 777-300ER, que viajaria do Aeroporto Heathrow, em Londres, até Cingapura, com 2011 passageiros e 18 membros da tripulação a bordo, aterrou no aeroporto de Suvarnabhumi às 15h45 no horário local (5h45 de Brasília).

Equipes de emergência médica foram até o local para prestar atendimento aos passageiros. Vídeos repassados pelo aplicativo de mensagens Line mostraram filas de ambulâncias chegando ao local.

No comunicado do Facebook, a Singapore Airlines disse que quatro horas após o pouso de emergência, 18 pessoas permaneciam hospitalizadas enquanto outras 12 recebiam cuidados ambulatoriais.

O avião permaneceu a 9,4 mil metros por menos de 10 minutos antes de desviar da rota e pousar em Bangkok menos de uma hora e meia depois. A queda acentuada de altura devido à turbulência aconteceu enquanto o avião estava sobre o Mar de Andamão, perto de Myanmar. A aeronave enviou um código 7700 no momento - um sinal internacional de emergência.

"A Singapore Airlines presta suas mais profundas condolências para a família do falecido", disse a companhia aérea. "Nós estamos trabalhando com as autoridades locais da Tailândia para providenciar a assistência médica necessária e enviando uma equipe para Bangkok para providenciar qualquer assistência adicional necessária".

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros