Quarta-feira, 24 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,59
euro R$ 6,07
libra R$ 6,07

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,59
euro R$ 6,07
libra R$ 6,07

Justiça Terça-feira, 27 de Setembro de 2022, 15:13 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 27 de Setembro de 2022, 15h:13 - A | A

EM PRIMAVERA DO LESTE

Juiz recebe denúncia contra vereador e trio por abate e roubo de gado em fazenda

De acordo com o documento, o Ministério Público de Mato Grosso solicitou à Polícia Civil a apuração de receptação da arma de fogo carabina que foi apreendida durante o crime.

AMANDA DIVINA
Da Redação

O juiz Roger Augusto Bim Donega recebeu denuncia oferecida pelo Ministério Público de Mato Grosso (MPMT) contra o vereador por General Carneiro, Magnun Vinnicios Rodrigues Alves de Araújo, por roubo majorado. Ele é acusado de integrar uma quadrilha que abatia e roubava gados em uma fazenda próximo à rodovia MT-130, na cidade de Primavera do Leste (a 234 km de Cuiabá). Além dele, também foram denunciados Marciano Correia Pereira, Joane dos Santos Marques e Uedes Pereira.

Reprodução

Magnun

 

De acordo com o documento, o Ministério Público de Mato Grosso solicitou à Polícia Civil a apuração de receptação da arma de fogo carabina que foi apreendida durante o crime.

Tal pedido foi autorizado pelo magistrado que determinou a instauração de um inquérito policial para averiguar o crime.

Magnun e os comparsas foram presos na madrugada do dia 11 de setembro, após invadirem uma fazenda para abater e furtar gado. A quadrilha estava usando uma caminhonete para levar as peças de carne quando um dos funcionários da propriedade flagrou o crime.

Com isso, eles entraram no veículo e tentaram fugir do local. Magnun estava dirigindo a caminhonete e jogou o carro "para cima" do funcionário, que efetuou tiros nos pneus do automóvel.

Em seguida, ele entrou em luta corporal com o empregado e foi atingido com uma coronhada no olho. Logo depois, os demais criminosos foram amarrados pelos outros funcionários até a chegada da PM. 

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que o vereador é amarrado ao lado de uma caminhonete que estava sendo usada por eles.

Na gravação, Magnun aparece com um dos olhos bastante inchado e com um sangramento na cabeça. Com eles, também foram encontrados uma arma de fogo tipo carabina, três facas, 43 talões de cheque e R$ 4,667 mil em espécie.

Magnun é proprietário de um supermercado na cidade de General Carneiro. No dia da inauguração, Magnun apareceu em um vídeo entregando notas de R$ 20 para as pessoas. O vereador continua internado em uma unidade médica após ter sofrido traumatismo craniano.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros