Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

Entretenimento Segunda-feira, 02 de Maio de 2016, 16:34 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 02 de Maio de 2016, 16h:34 - A | A

Saiba como burlar o bloqueio do WhatsApp no Brasil

TUDO INTERESSANTE

Ok! A justiça determinou o bloqueio temporário do WhatsApp em nosso país, mas o que nós fizemos para merecer isso? Nada! Então, aprenda burlar esse bloqueio e voltar a utilizar o aplicativo em alguns passos simples.

 

As operadoras de internet bloqueiam o uso do aplicativo através dos endereços IPs nacionais, então é muito simples passar por cima disso utilizando um simples aplicativo que cria uma rede virtual privada e acaba simulando uma conexão de outra localidade.

 

Existem diversos aplicativos gratuitos para isso na loja do seu smartphone. Vamos demonstrar com Psiphon para Android, mas deixamos recomendações de outros apps para outros sistemas mais abaixo:

 

Android

 

1 – Baixe e instale o app Psiphon clicando aqui

whats-

 

2 – Depois de instalar, escolha a opção “Tunnel Whole Device”

whats-2

 

3 – Dê OK

whats-3

 

4 – Acesse o WhatsApp

O aplicativo SuperVPN Free VPN Client também funcionou perfeitamente. Assim como o Betternet

 

iOS

 

Hotspot Shield Free VPNInstale o aplicativo Betternet ou VPN in Touch e utilize o WhatsApp

whats-5

 

 

Windows Phone

 

Baixe o app Hotspot Shield Free VPN e acesse o WhatsApp.

 

Existem diversos aplicativos de VPN gratuitos para você testar. Basta digitar “VPN” na loja e baixar o melhor avaliado!

 

Obs.: Evitem nudes durante esse período! Pois algumas redes de VPN não são completamente seguras. E não esqueça de desinstalar após o desbloqueio.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros