Terça-feira, 21 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

Entretenimento Sexta-feira, 22 de Abril de 2016, 08:50 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sexta-feira, 22 de Abril de 2016, 08h:50 - A | A

GLOBO RECUSOU

Ex-atriz da Record diz que perdeu papel em "Velho Chico" por "Escrava Mãe"

A atriz, em conversa recente com Ronnie Von no “Todo Seu”, da TV Gazeta, relatou que foi procurada pela Globo para atuar em “Velho Chico”

NA TELINHA

A indefinição da Record quanto à estreia de “Escrava Mãe”, cujas gravações foram finalizadas em dezembro e ainda não há uma data certa de estreia, vem prejudicando seus atores.

 

Na Telinha

Atriz

 

Jussara Freire, um dos nomes mais importantes do casting do folhetim de Gustavo Reiz, é um dos exemplos.

 

A atriz, em conversa recente com Ronnie Von no “Todo Seu”, da TV Gazeta,  relatou que foi procurada pela Globo para atuar em “Velho Chico” mas que as negociações não avançaram devido à possibilidade de “Escrava Mãe”, um trabalho inédito, poder ir ao ar em qualquer momento.

 

“Eu acabei de fazer uma novela belíssima do Gustavo Reiz, chamada ‘Escrava Mãe’, e tinha um contrato por tempo, que acabou dia 3 de dezembro. Era pra ter ido ao ar no dia 11 de novembro e até hoje não foi. E o que acontece: não há interesse de outras emissoras em chamar um ator vinculado ineditamente a um outro produto. Eu tive um, vamos dizer assim, entre aspas, um convite, do Luiz Antonio Rocha, produtor de elenco da Globo, me sondando pra fazer Velho Chico. E infelizmente eu não pude”, desabafou.

 

Jussara ainda ressaltou a gravidade da situação em um ano difícil como este. “A novela que ia agora nesse mês de abril não vai mais, vai em maio..E pelas minhas contas eu ficarei sem trabalho em tempos bicudos que estamos vivendo neste tempo de crise até o final do ano. Não se tá produzindo teatro. A primeira coisa que o ser humano corta em época de crise é o lazer. Então o único lugar que eu poderia estar trabalhando e pagando meu condomínio seria na TV e isso só vai acontecer no ano que vem, se Deus quiser”, pontuou.

 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros