Terça-feira, 25 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,39
euro R$ 5,79
libra R$ 5,79

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,39
euro R$ 5,79
libra R$ 5,79

Economia Quinta-feira, 04 de Outubro de 2018, 12:49 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quinta-feira, 04 de Outubro de 2018, 12h:49 - A | A

Investimentos sobem 0,3% em agosto ante julho, diz Ipea

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

O Indicador Ipea de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) avançou 0,3% em agosto em relação a julho de 2018, na série com ajuste sazonal, informou nesta quinta-feira, 4, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Em julho, o indicador havia recuado 0,3% ante junho. Em relação a agosto de 2017, o indicador teve alta de 3,5%. No acumulado em 12 meses, o crescimento chegou a 3,5%.

Entre os componentes da FBCF, o consumo aparente de máquinas e equipamentos (Came, formado pela produção doméstica líquida das exportações acrescida das importações) avançou 3% em agosto.

"Enquanto a produção interna de bens de capital líquida de exportações permaneceu estável, a importação de bens de capital aumentou 14,9% na margem", diz a nota do Ipea.

Já a construção civil, outro componente importante da FBCF, recuou 2,2%, interrompendo sequência de dois avanços na série com ajuste sazonal. O terceiro componente da FBCF, classificado como outros ativos fixos, apresentou queda de 1% na passagem de julho para agosto. "Na comparação com o mesmo período do ano anterior, o desempenho foi heterogêneo", diz a nota do Ipea.

Enquanto o ritmo de crescimento do Came permaneceu estável, passando de 12,6% em julho para 12,9% em agosto, a construção civil e o componente "outros" registraram "fraco desempenho", com quedas na comparação interanual de 1,2% e 1,1%, respectivamente.

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

 

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros