Terça-feira, 18 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,83
libra R$ 5,83

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,83
libra R$ 5,83

Economia Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 13:00 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 13h:00 - A | A

Fed: teremos que manter juros por mais tempo do que esperado para controlar inflação, diz Barr

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

Vice-presidente de Supervisão do Federal Reserve (Fed), Michael Barr, afirmou nesta terça-feira, 21, que os dirigentes terão que manter juros no nível atual por mais tempo do que esperavam, para aguardar evidências de queda sustentada da inflação. Em evento institucional, Barr reconheceu que há progresso de desinflação dos preços, mas apontou que uma desaceleração maior é necessária.

"Precisamos finalizar o trabalho", disse o dirigente. Na visão dele, o BC americano pode esperar por novos dados, considerando que política monetária está restritiva e a economia continua forte, com baixa taxa de desemprego e crescimento sólido.

Sobre estabilidade do setor financeiro, Barr alertou que os bancos ainda terão que lidar com riscos relacionados às taxas de juros elevadas por algum tempo, por exemplo, em termos de liquidez. As instituições expostas ao setor imobiliário comercial devem ser particularmente afetadas por estes riscos, segundo ele.

Questionado sobre as turbulências do ano passado, o dirigente reiterou que o BC americano e outros reguladores aprenderam diversas lições e estão aplicando em novas regras, como a retirada rápida de depósitos do Silicon Valley Bank (SVB). Sobre as novas regras de capital bancário, Barr afirmou que elas devem ser aplicadas apenas para os maiores bancos dos EUA e buscam atualizar a regulamentação atual para melhorar gerenciamento de riscos.

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

 

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros