Economia Domingo, 04 de Dezembro de 2011, 07:00 - A | A

Domingo, 04 de Dezembro de 2011, 07h:00 - A | A

INVESTIMENTO

Empresa mato-grossense de transporte aéreo amplia linhas no Estado

Os voos pretendem abranger grande parte do interior do Estado, Mato Grosso do Sul e Pará

 

Mayke Toscano/Hipernotícias

Empresa aérea genuinamente mato-grossense já tem 4 aviões Grand Caravan C208 e outros de menores portes

 

Genuinamente cuiabana e atuando no mercado há 15 anos, a empresa Asta Linhas Aéreas amplia seus vôos nas rotas para Mato Grosso do Sul e Pará. Para atender a crescente demanda verificada no Estado, a empresa investiu aproximadamente US$ 2 milhões.

As ofertas de viagens passam a abranger quatro vôos semanais que vão de Cuiabá a Corumbá e Campo Grande, todas as segundas, quintas, sextas-feiras e sábado, em horários estratégicos, que se prestam tanto à viagens turísticas, quanto de negócios. Além destes, a nova rota segue de Cuiabá para Sinop depois para Matupá e por fim Novo Progresso, no Pará.

De acordo com Ricardo Gottardi, diretor comercial, o investimento ocorreu devido à necessidade de criar uma rota para valorizar os empresários, bem como seus empreendimentos e negócios, já que os vôos são rápidos. “Estamos entrando no mercado que não é fácil, pois ele é dominado por grandes empresas. Nós somos pioneiros nestas linhas que vão a locais que não possuem infra-estrutura aeroportuária e precisávamos investir em pequenos aviões capazes de chegar aos lugares com segurança, rapidez e com equipamentos modernos”, assegura.

A Asta conta atualmente com quatro aeronaves Grand Caravan C208, além de outros aviões de porte menor. As aeronaves têm capacidade para dois tripulantes e nove passageiros que podem carregar até 15 quilos de bagagens. Por se tratar de uma pequena aeronave, os vôos não possuem serviço de bordo e os próprios passageiros podem se servir.

Ricardo explica que o Grand Caravan C208 é uma aeronave monoturbopropulsora que não possui qualquer impedimento de pouso em pequenos aeroportos, que ainda não tenham estrutura adequada para aviões maiores. “Isso possibilita que a empresa alimente as conexões nas capitais do Centro-Oeste e Norte brasileiros”, ressalta.

As dificuldades encontradas na BR-163, que liga Mato Grosso ao Pará, são um dos aliados para a decolagem destes vôos, além de levar desenvolvimento ao interior e impulsionar a ampliação de nichos de negócios. “O custo beneficio de voar é bem superior quando comparado a uma viagem de ônibus. A BR não é tão boa, além da passagem de ônibus custar preço semelhante a nossa passagem de avião, fora a rapidez do transporte”, garante

Até 2015 a empresa planeja contar com 16 Grand Caravans para continuar realizando os vôos para os municípios de Juína, Juara, Aripuanã e Lucas do Rio Verde, em Mato Grosso, e com este atual investimento, pretende voar para Sinop e Matupá, ainda no Estado e Novo Progresso, no Pará.

Embora o lançamento dessa rota ocorra na segunda-feira (5), as passagens já estão disponíveis para compra, na qual algumas já foram vendidas e seus preços seguem tabela estabelecida pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

 

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros