Sábado, 18 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

Cuiabanália Sábado, 30 de Julho de 2016, 17:00 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sábado, 30 de Julho de 2016, 17h:00 - A | A

PARA LEVAR CULTURA

Casal cria ambiente retrô com fusca vermelho e leva cultura às ruas da cidade

RAYANE ALVES

De longe o veículo parece pequeno, mas quando as portas do fusca vermelho se abrem o carro se torna um verdadeiro sebo itinerante, levando  música, literatura, artes visuais e antiguidades para todos os cantos de Cuiabá.

 

Arquivo Pessoal

Fusca Sebo

 

É o inusitado “Fusca Sebo”. Iniciativa do arquiteto Thiago Sinohara, 30, e da jornalista e escritora Marília Bona, 29. Juntos, o casal traz um “ambiente retrô” para as ruas da cidade. É possível encontrar livros, fitas cassetes e até vinis. Tudo a um preço mais em conta.

 

“Embora tenhamos um espaço dedicado a projetos sociais, somos essencialmente um sebo. Infelizmente, nosso acervo não é tão grande para que possamos doá-lo e não somos tão fixos que possamos emprestar livros. Nós comercializamos produtos a baixo custo para que mais pessoas possam ter acesso, já que sabemos que livros novos custam caro”, explica Marília.

 

A ideia surgiu há dois anos quando Thiago e Marília, amigos de infância, se reencontraram e iniciaram o namoro. O gosto comum por cultura e história motivou o projeto. A jornalista conta que inicialmente eles pensaram em comprar uma “Kombi setentinha”, mas foi o fusca 1969 que atendeu a urgência de tirar o projeto do papel.

 

“Era um projeto para o futuro por não termos um lugar físico disponível para isso. Cogitamos, inclusive, comprar um Kombi setentinha porque sempre nos atraiu a ideia da itinerância e toda a riqueza pessoal que ela possibilita. Apareceu aquela urgência que todas as ideias passionais têm e na busca de alternativas, olhamos ao nosso redor e vimos o fusquinha, que a gente já tinha há alguns anos. E pensamos que podia dar certo nele, apesar de todas as limitações de espaço e peso. Compactamos o máximo possível, testamos. A partir daquele momento nascia o Fusca Sebo”.

 

Thiago diz que o acervo cresce a cada dia, mas pela limitação do espaço, o sebo funciona como um rodízio de produtos. Revela ainda que o “Rua Antiga”, projeto que engloba o fusca, deve retomar as atividades em agosto. “Devemos participar das muitas feiras que tem pela cidade e também por Chapada, nada muito definido, já que é essa justamente a graça de ser itinerante. Mas, temos muitas ideias e precisamos de tempo para que tudo aconteça. Inclusive viajar pelo Brasil com o “Rua Antiga”. 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Sergio Sousa 31/07/2016

Isso CULTURA? PQP só no MT mesmo Kkkkkkkkkk

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros