Copa Pantanal Sábado, 11 de Outubro de 2014, 09:24 - A | A

Sábado, 11 de Outubro de 2014, 09h:24 - A | A

ESTE MÊS

R$ 7 mi mais cara, trincheira Jurumirim entra em fase final

Segundo a Secopa, restam apenas a sinalização e a cobertura dos “New Jersey”, barreiras de concreto instaladas nas marginais, com nata de cimento, para serem entregues

DA REDAÇÃO


Depois de investimento de R$7 milhões a mais do que o previsto e um ano e meio de atraso em sua conclusão, a maior obra de mobilidade urbana de Cuiabá, a trincheira Jurumirim/Trabalhadores, entra em fase final de acabamento e terá seus trabalhos finalizados em poucos dias.

Segundo a Secretaria Extraordinária da Copa, restam apenas a sinalização e a cobertura dos “New Jersey”, barreiras de concreto instaladas nas marginais, com nata de cimento, para serem entregues.

A limpeza da obra e o tratamento nas paredes das cortinas da estrutura também já foram finalizados. Resta agora apenas a implantação da sinalização vertical e horizontal das pistas, em consonância com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e as diretrizes da Política Nacional de Trânsito.

Marcos Lopes/HiperNotícias

Depois de investimento de R$ 7 mi a mais do que o previsto e dois anos e meio de atraso, trincheira Jurumirim entra fase final


A obra foi iniciada em 2012 e tinha previsão de custar R$ 39 milhões. Ela possui 960 metros de extensão e é considerada a maior de todas as trincheiras em execução, pois abrangerá o trecho um pouco antes da Avenida dos Trabalhadores (Av. Dante de Oliveira) até depois do cruzamento da Avenida Jurumirim (Av. Gonçalo Antunes de Barros), próximo ao viaduto da Avenida do CPA. A obra integra o pacote de intervenções de travessia urbana, resultado de um convênio entre Governo do Estado e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Depois de pronta, a grande trincheira dará um “salto” em celeridade no deslocamento dos motoristas e, consequentemente, na redução do tempo de viagem dos veículos. O motorista que vier de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, poderá seguir o trajeto até a trincheira Jurumirim/Trabalhadores em fluxo contínuo, ao adotar o caminho pelo viaduto Dom Orlando Chaves, trincheira Verdão, trincheira Santa Rosa, viaduto Despraiado para, enfim, fazer o “mergulho” na grande trincheira.

SUBTRECHO

Também sob a responsabilidade do Consórcio Sobelltar, o serviço de recapeamento asfáltico em um trecho da Avenida Miguel Sutil foi finalizado. A atividade está inclusa no projeto como subtrecho e foi executada entre os viadutos da Rodoviária e da Avenida do CPA, com a circulação de veículos em meia pista. A próxima etapa é a implantação da sinalização vertical e horizontal na via.

(Com informações da Assessoria)

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros