Cidades Segunda-feira, 18 de Abril de 2011, 13:18 - A | A

Segunda-feira, 18 de Abril de 2011, 13h:18 - A | A

Reestruturação Salarial

Sintap e Sinpaig esperam por posição do Governo até quarta-feira

Caso a proposta não entre em tempo hábil na Assembléia Legislativa, o Governo terá que fazer o reajuste em cima do INPC

Mayke Toscano
Trabalhadores esperarm proposta do Governo até na próxima quarta-feira
 
O Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário e Pecuário de Mato Grosso (Sintap) e o Sindicato dos Profissionais da Área Instrumental do Governo (Sinpaig) esperam até quarta-feira (20), contraproposta do secretário de Administração, César Zílio, pela reestruturação salarial das categorias.

O presidente do Sinpaig, Edmundo Leite, está confiante na apresentação de uma proposta oficial por parte do Governo. A categoria espera há alguns dias a apresentação de uma tabela pela reestruturação dos técnicos, agentes e auxiliares que compõe a área instrumental. A assembléia geral da categoria será no dia 26 de abril às 8h no auditório da Secretaria de Educação (Seduc).
 
Em se tratando do sindicato do sistema agrícola, agrário e pecuário do estado, a presidente Diane Dias, informou ao Hipernoticias que espera posição do secretário César Zilio para que proposta seja enviada para a Assembléia Legislativa antes do dia 30 de abril. Os deputados devem votar a nova tabela de reestruturação das categorias.
Caso a proposta não entre em tempo hábil na Assembléia Legislativa, o Governo terá que fazer o reajuste em cima do Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC) que atualmente está na ordem de 6,47%.
 
O Sintap responde pelo Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea), Instituto de Terras do Mato Grosso (Intermat), Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Cedraf). A assembléia geral da categoria será no dia 25 de Abril às 14h na sede do sindicato localizado na Morada do Ouro. De acordo com Diane Dias, a categoria discutirá a possível proposta apresentada pelo governo e define o posicionamento do coletivo.
 
A Secretaria de Administração confirmou, através de sua assessoria, que o secretário está analisando todos os pedidos de reestruturação e apresentará, conforme algumas prioridades, a proposta do governo até quarta-feira (20).

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Andrea 20/04/2011

Cada carreira tem sua importância e ponto! Veterinário lida com animal, Contador, Administrador, Economista, Advogado, vão cuidar da área meio, burocrática, enfim... cada um no seu quadrado....CACILDA!!!!!!!!!

ZZZ 20/04/2011

É por isso que esses governantes levam vantagem em relação a nós servidores. Enquanto ficamos discutindo qual classe é melhor, quem faz o que, um faz greve o outro critica, etc. Se liga, a questão é que se foi previsto na LOA, LDO, feito impacto financeiro e inclusive firmado compromisso, independente de quem o fez, o importante é para quem foi feito. Agora se alguma classe ficou sem essa previsão no orçamento, resta lamentar. Abram o olho, somos um sistema se um órgão falha, os demais todos vão ser prejudicados, direto ou indiretamente.

Por PAIG 20/04/2011

TEMOS MEDICOS TAIG QUE TRABALHA NA PERÍCIA MÉDICA .....TÁ BOM PARA VC ELIZABETE?

Rosa Morena 19/04/2011

Recado para Beatriz, os 107 milhoes da LOA, foi colocado a pedido dos Deputados para atender cinco categorias: Saude, Instrumental, Desenvolvimento,Sistema Prisional e Fiscais, voce é que pegaram carona na nossa greve da Saude, que temos poder de mobilização e paralização. Façam greve.rsss

Elizabete 19/04/2011

Mauricio, aprenda SINPAIG, O SIN É DE SINDICADO, O P de profissionais , o A de Area, o I de Instrumental e G de Governo. Aprendeu.rrrssss, não sabe nem o nome do sindicato. E isso ai RICARDÂO, fazer folha é fácil, tem programada pronto, a LOA e outros instrumentos de Planejamento é feito em todos os órgãos, é vai para a SEPLAN condensar,e ai por diante, cada qual na sua especificidade, um veterinario, aprende com dois dias folha de pagamento e planejar basta ler, e a arrecadação e com os fiscais. Quero ver um TAIG, SER MEDICO VETERINARIO.

RICARDÃO 19/04/2011

PARA LEANDRO, QUEM PAGA OS SALARIOS DOS SERVIDORES EH O CONTRIBUINTE DO AGRONEGOCIO QUE GERA RECEITA PRA MOVIMENTAR A MAQUINA DO ESTADO, AGRONEGOCIO ESTE QUAL NOS FICALIZAMOS PRA SER PRODUTIVA E COM SANIDADE TIPO EXPORTAÇÃO, NÃO EH MAIS QUE OBRIGAÇÃO DESTA MAQUINA TER O SALARIO DOS SERVIDORES EM DIA E ATUALIZADO...

Antonio Wagner Oliveira 19/04/2011

Caros servidores, é triste ver essa queda de braço entre nossas carreiras e entidades sindicais.Noa é esse o caminho mais fácil pra avançar nas negociações. o que nao estão percenbendo é que essa queda de braço nos enfraquec sobremaneira.o melhor seria que sentássemos com os demais sindicatos e popudessemos ter consenso entre nossas propostas e impactos financeiros. o caminho é o dialogo er nao o conflito entre nossos pares.todas as negociações tem um "q" de justiça em seus pleitos.Boa noite

Beatriz 19/04/2011

É isso aí o SINDES após o Governador dizer que iria publicar uma lei, nós SINPAIG já estavamos de greve a quase duas semanas, resolveu ficar de greve, subiram em um carro de som com 03 pessoas falou um monte de coisas na Assembléia, que ninguém entendeu, e no outro dia já tinha acabado a greve!!! Pior nãp teve nem trabalho de fazer estudo de tabela e colocar os valores na LOA e LDO, simplesmente apensou o pedido ao nosso processo e depois vem de grande falar que somos nós que estamos na aba deles, dá prá acreditar???

Mauricio 19/04/2011

O nome correto do Sindicato da Área Instrumental do Governo é SIMPAIG e não sintaig.

Mauricio 19/04/2011

O nome correto do Sindicato dos Profissionais da Área Instrumental do Governo é SIMPAIG e não SINTAIG.

21 comentários

1 de 3
Última

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros