Cidades Quinta-feira, 06 de Maio de 2021, 14:10 - A | A

Quinta-feira, 06 de Maio de 2021, 14h:10 - A | A

COLISÃO NA BR-158

Ex-candidato a vereador morre ao bater moto em Jeep e ter corpo arrastado

JOYCY AMBRÓSIO
DA REDAÇÃO

Hipernotícias

image

O motociclista Geraldo Pires da Silva, 52 anos, morreu ao bater frontalmente em um Jeep Renegade na BR-158, a 15 km de Nova Xavantina (652 km de Cuiabá). O acidente aconteceu na tarde de quarta-feira (5). Geraldo foi candidato a vereador pelo Partido Republicano (PR), no município de Água Boa em 2020.

De acordo com a Polícia Civil, foi relatado pelo condutor do Jeep que ele seguia sentido a cidade de Água Boa quando avistou uma carreta, que seguia no sentido contrário ao dele.

Já o motociclista, que conduzia uma Yamaha YBR, estava atrás do veículo pesado e de repente invadiu a pista do Jeep, atingindo frontalmente o veículo. Com a batida, Geraldo foi arrastado pelo veículo e morreu ainda no local.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) estiveram na BR para realizar os procedimentos necessários.

O motorista do Jeep realizou o teste de bafômetro, mas o resultado foi negativo para ingestão de álcool. A Polícia Civil irá investigar o acidente.

Ex-candidato

Geraldo Pires da Silva morava em Água Boa e se candidatou a vereador da cidade nas eleições de 2020.

Alguns amigos lamentaram a morte de Geraldo pelo Facebook. "Triste. Desacanse em paz meu amigo", escreveu uma amiga.

“Não dá para acredita meu Deus”, escreveu outra conhecida. Uma outra pessoa foi solidaria aos familiares. “Que Deus possa confortar a família, meus sinceros sentimentos”.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros