Sábado, 13 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,95
libra R$ 5,95

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,95
libra R$ 5,95

Cidades Sexta-feira, 14 de Junho de 2024, 17:35 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sexta-feira, 14 de Junho de 2024, 17h:35 - A | A

ENTREVISTA HNT TV

Especialista em relacionamentos a dois destaca necessidade de saber o que quer antes de iniciar um namoro

No mês dos namorados, a psicóloga abre o verbo e fala no episódio que se transformou um "divã" para quem busca um parceiro amoroso

GREYCE LIMA
Da Redação

Há 16 anos atendendo pacientes em Mato Grosso, a psicóloga, terapeuta de casal e sexóloga, Irani Marangão, aponta os comportamentos que comprometem o início de um bom relacionamento entre o casal. Com a popularização das relações casuais, a especialista explica ao HNT TV que a maioria das pessoas quer namorar sério, mas não sabe nem mesmo o que busca em um companheiro.

Diante dessas perguntas sem respostas, Irani Marangão revela que, por isso, muitas relações não evoluem e param no status de ficante.  “As pessoas se conhecem nos aplicativos de namoro, saem e o casal não procura saber se aquele pretendente está alinhado com os seus objetivos, como, por exemplo, se quer se casar, ter família, se fuma, se gosta mais de festas ou de ficar em casa. Os casais vão ficando. Fica um mês, dois anos, conhecem os pais, dormem juntos e, do nada, tudo acaba”, explica a psicóloga.  

Irani ressalta que ficar é algo casual e isso precisa ser definido no momento que está começando a conhecer a pessoa. Se um quer algo casual e outro não quer, prefere conhecer com o objetivo de ter um namoro, o encontro já deve ser encerrado logo e a busca pelo par ideal deve continuar sem apegos e com otimismo.

“Duas pessoas podem ir ficando de forma saudável até uns três a seis meses, para saber se vão firmar algo sério. Se passou disso e nada foi conversado, as chances de algo dar certo são raras e podem acabar se machucando”, alerta Marangão ao HNT TV. Sobre os casamentos, Marangão detalha onde os casais falham e como podem melhorar a relação familiar e esquentar o matrimônio, que também são assuntos tratados na entrevista da semana.  

O bate-papo já está disponível no canal do HiperNotícias, que pode ser acessado aqui.   

 ASSISTA 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros