Sábado, 15 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

Cidades Terça-feira, 11 de Junho de 2024, 08:21 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 11 de Junho de 2024, 08h:21 - A | A

SECA E QUENTE

Cuiabá registra segunda menor taxa de umidade do Brasil nesta segunda-feira

Temperatura ficou na casa de 36,4º C; novo alerta de baixa umidade já foi emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet)

JOLISMAR BRUNO
Da Redação

Cuiabá foi a segunda cidade mais seca do Brasil com a umidade relativa do ar em 21%, conforme o painel de monitoramento do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nesta seginda-feira (10). A capital mato-grossense ficou atrás apenas de Barretos (SP) que registrou a umidade de 20%. Já a temperatura máxima em Cuiabá ficou na casa de 36,4º C.

No que diz respeito sobre a temperatura, Cuiabá foi a sexta cidade mais quente do país, nesta segunda, ficando atrás apenas de Boa Vista (RR), Carolina (MA), Pedro Afonso (TO), Araguatins (TO) e Porto Nacional (TO). 

Conforme reportado pelo HNT, um alerta amarelo de perigo potencial para baixa umidade foi emitido pelo instituto na segunda. 

LEIA MAIS: Semana começa com alerta de baixa umidade e máxima de 36º C em Cuiabá

Para esta terça-feira (11), a temperatura máxima prevista é de 36º C.  Um novo alerta de risco para baixa umidade já foi emitido pelo Inmet. É importante beber bastante líquido, principalmente água e evitar exposição ao sol, sobretudo nos horários mais quentes do dia.

A tendência é de redução significativa das chuvas, tempo seco e altas temperaturas, época conhecida como estiagem. Assunto foi tema de reportagem publicada no fim de semana pelo HiperNotícias.

LEIA MAIS: Meteorologista alerta para cenário de queda nas chuvas e riscos ambientais e à saúde em MT

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros