Terça-feira, 28 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,62
libra R$ 5,62

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,62
libra R$ 5,62

Cidades Segunda-feira, 08 de Agosto de 2016, 17:48 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 08 de Agosto de 2016, 17h:48 - A | A

FIM DA GREVE

Alunos da Unemat retornam as aulas após mais de dois meses em greve

RAYANE ALVES

Os acadêmicos da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) retornaram às aulas na manhã desta segunda-feira (8), após mais de dois meses em greve. Um novo calendário deve ser formulado pelos professores para a reposição das aulas nos 13 campi da instituição.

 

Reprodução

Unemat

 

De acordo com assessoria, a greve foi suspensa na última quinta-feira (4), durante assembleia-geral da categoria. Porém, o estado de greve deve ser mantido caso o acordo não seja cumprido.  

 

Pelo menos 470 professores participaram da reunião para decidir pela volta dos trabalhos. Ao todo, a instituição tem 1,2 mil professores.

 

Os técnicos já retornaram as atividades no dia 3 deste mês.

 

A greve da categoria foi deflagrada no dia 31 de maio quando os servidores cobraram o pagamento integral da Revisão Geral Anual (RGA).  Os profissionais da Educação já haviam anunciado para os acadêmicos o movimento grevista caso o governador Pedro Taques (PSDB) não cumprisse com o pagamento de 11,28% da RGA.

 

Frente à proposta do secretário de Gestão, Júlio Modesto, de pagar 5% de RGA, em duas parcelas, sendo 2% em setembro e 3% em janeiro de 2017, com valores não retroativos ao mês de maio, os professores do ensino superior decidiram aderir à greve geral do Fórum Sindical.

 

 

Na época, os professores também suspenderam o vestibular da instituição por tempo indeterminado. Um dos motivos seria que a greve acarretaria problemas na preparação e na aplicação das provas, já que não haveria trabalhadores no local de prova. Agora, uma nova data deve ser divulgada para receber novos acadêmicos. 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros