Brasil Sexta-feira, 30 de Setembro de 2011, 07:14 - A | A

Sexta-feira, 30 de Setembro de 2011, 07h:14 - A | A

SAÚDE

Meta de 95% de vacinação contra o sarampo é atingida no País

Até julho deste ano foram notificados 18 casos de sarampo no Brasil; Mato Grosso foi registrado indice inferior a 95%

PORTAL TERRA

A campanha de vacinação contra o sarampo termina nesta sexta-feira em todo o País. Crianças de 1 a 7 anos devem ser levadas aos postos de saúde para fazer a imunização e quem já foi vacinado pode receber a dose novamente. O último boletim do Ministério da Saúde indica que a meta de 95% do público-alvo já foi superada - até o momento, 96,9% das crianças nessa faixa etária foram imunizados.

Nas regiões Sul e Sudeste, todos os Estados atingiram a cobertura mínima. Já no Norte brasileiro, apenas o Tocantins alcançou a meta. Nas regiões Nordeste e Centro-Oeste, os Estados do Maranhão e de Mato Grosso registraram índices inferiores a 95%. A recomendação do ministério para os municípios onde a meta não foi alcançada é que mantenham a vacinação contra o sarampo nos postos de saúde.

A pasta informou que, a partir do dia 15 de outubro, vai monitorar a cobertura vacinal, em parceria com os Estados e municípios. Crianças de até 7 anos que estiverem sem o registro de imunização serão vacinadas. O sarampo é uma doença altamente contagiosa e os sintomas mais comuns são febre, tosse seca, manchas avermelhadas, coriza e conjuntivite. A transmissão ocorre quando o doente tosse, fala ou respira. A vacina é a forma mais eficaz de prevenção e está disponível durante todo o ano nos postos de saúde.

Até julho de 2011, foram notificados 18 casos de sarampo no Brasil - todos relacionados ao vírus de genótipo D-4, que circula na Europa. Os casos foram registrados no Rio Grande do Sul (7), Rio de Janeiro (4), São Paulo (3), da Bahia (1), Mato Grosso do Sul (1), Piauí (1) e Distrito Federal (1).

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros