Terça-feira, 18 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,83
libra R$ 5,83

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,83
libra R$ 5,83

Brasil Domingo, 19 de Maio de 2024, 11:00 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Domingo, 19 de Maio de 2024, 11h:00 - A | A

Instagram sinaliza como 'fake news' postagem de Regina Duarte sobre o RS

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

Regina Duarte teve uma de suas postagens sobre as enchentes no Rio Grande do Sul categorizada como "fake news" pelo Instagram. Nela, a atriz criticava o governo brasileiro por supostamente "não aceitar ajuda humanitária" vinda de Portugal.

O vídeo foi publicado inicialmente em 10 de maio pelo deputado português André Ventura, líder do partido de extrema-direita Chega - e compartilhado por Regina Duarte dois dias depois. O Instagram anexou os seguintes avisos ao material: "Informação falsa. Checada por verificadores de fatos independentes" e "Verificadores de fatos independentes afirmam que as informações nesta publicação são falsas".

Governo brasileiro não recusou doações de Portugal para RS
O governo brasileiro informou em 10 de maio que iniciou uma força-tarefa para transportar produtos doados na embaixada e no consulado em Portugal aos gaúchos. Segundo o Itamaraty, a embaixada está em contato com grupos da sociedade civil para viabilizar a logística em torno do envio de doações.

O grupo de voluntários brasileiros que angariou as doações confirmou estar negociando com o governo brasileiro o transporte de donativos.

A Força Aérea Portuguesa informou que foi contatada informalmente pela Aeronáutica brasileira para apoiar a coordenação do transporte.

Em 17 de maio, a Embaixada do Brasil em Portugal informou que enviou ao Brasil um primeiro lote com 300 kg de bens doados pela comunidade brasileira e por cidadãos portugueses em um avião da Latam.

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros