Brasil Sábado, 26 de Novembro de 2011, 09:09 - A | A

Sábado, 26 de Novembro de 2011, 09h:09 - A | A

SEM MEDO

Deputada de RO usava torpedos para cobrar propina, diz PF

A investigação identificou uma espécie de mensalão na Assembleia Legislativa de Rondônia

FOLHA DE SÃO PAULO

Imagem da Internet

A deputada Ana Dermani de Aguiar estava sendo investigada pela Polícia Federal

Uma investigação conjunta do Ministério Público de Rondônia e da Polícia Federal sobre fraudes em licitações e contratos públicos no Estado apontou que uma deputada estadual cobrou propina via torpedos de celula.

A deputada Ana Dermani de Aguiar (PT do B) enviou mensagens ao presidente da Assembleia Legislativa, Valter Araújo (PTB), para cobrar o "compromisso" com o "dindin", passar o número de sua conta bancária e depois agradecer o pagamento.

A investigação identificou uma espécie de mensalão na Assembleia, com repasses regulares feitos por Araújo a sete dos 24 deputados estaduais.

Os pagamentos chegavam a quase R$ 60 mil.

OUTRO LADO

Ana Dermani de Aguiar disse que suas mensagens foram apresentadas fora de contexto.

Ela afirmou que só daria esclarecimentos sobre as mensagens à Polícia Federal, mas negou participar de mensalão na Casa e de fraudes.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros