Sábado, 20 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

Política Terça-feira, 09 de Julho de 2024, 15:04 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 09 de Julho de 2024, 15h:04 - A | A

CORRIDA AO ALENCASTRO

Sem presença de Bezerra e Emanuel, MDB lança pré-candidatura de Domingos Kennedy

Embora não tenham comparecido ao evento, segundo Faiad e Emanuelzinho, os apoios do cacique do MDB e do prefeito de Cuiabá ao projeto de Kennedy são "integrais"

RAYNNA NICOLAS E CAMILA RIBEIRO
DA REDAÇÃO/DO LOCAL

O MDB lançou, nesta terça-feira (9), a pré-candidatura do empresário Domingos Kennedy à prefeitura de Cuiabá. Anúncio foi feito pelo presidente do diretório municipal do partido, o advogado Francisco Faiad. Carlos Bezerra, considerado o 'cacique' da sigla, não compareceu ao evento, mas de acordo com Faiad, chancelou o apoio à candidatura. 

"Nós estamos muito felizes de nessa tarde apresentarmos um pré-candidato. Muito se disse que o MDB não teria candidato, que o MDB apoiaria este ou aquele. O MDB vai ter candidato próprio, vai para as ruas, vai para campanha para defender o nome do empresário Kennedy", declarou Faiad. 

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), apontado como um dos responsáveis pela articulação emedebista também não esteve no evento. Faiad afirmou que a decisão do prefeito é de continuar focado nos trabalhos à frente do Alencastro nos últimos meses de mandato e que Pinheiro não deve participar ativamente no processo eleitoral. 

Em contrapartida, o filho do prefeito, o deputado federal Emanuelzinho (MDB), fez coro às falas de Faiad e garantiu apoio incondicional ao projeto do partido. 

"São mais de 300 anos de história, Cuiabá é uma capital extremamente politizada e tem a tradição de causar surpresas e reviravoltas em suas eleições. O que nós temos percebido é que Cuiabá busca é justamente um candidato que tenha a capacidade de unir, de agregar, de apresentar propostas, de ter qualificação e de elevar o debate em Cuiabá que muitas vezes tem sido um jogo de chute na canela. O Kennedy carrega todos esses predicados e por isso a primeira união que ele promoveu foi dentro do partido", disse. 

Segundo Emanuelzinho, além do apoio integral de Carlos Bezerra, Kennedy já conta com a adesão da chapa de vereadores do MDB e do deputado estadual Juca do Guaraná. A vice-presidente da sigla, Janaína Riva, contudo, não deve aderir ao projeto e já declarou que mantém apoio a Eduardo Botelho, atual presidente da Assembleia Legislativa e pré-candidato pelo UB. 

"Sabemos que a batalha é dura, o embate é grande, mas confiamos muito no nosso time. Confiamos no Kennedy e a convicção que o Kennedy estará no segundo turno e teremos um debate mais qualificado e a surpresa de uma nova revelação política", emendou Emanuelzinho. 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros