Sexta-Feira, 01 de Novembro de 2019, 12h:06

Tamanho do texto A - A+

Nova denúncia contra Adevair cita assédio contra servidora municipal

Por: FERNANDA ESCOUTO

A foto que gerou o boletim de ocorrência feito pelo vereador Adevair Cabral (PSDB) contra o colega de parlamento Abílio Junior (PSC), estaria relacionada a uma suposta denúncia de assédio sexual. Além dessa denúncia, Adevair é investigado ainda por suposta sexual de menor.

adevair whats.jpg

Um dos prints de conversas que teria sido enviada ao vereador Abílio Júnior

Conforme Abílio, uma servidora da pasta municipal de Saúde teria o procurado, há um ano, para dizer que estaria sendo assediada pelo vereador Adevair.

“Ela me procurou apavorada, em pânico, para dizer que o Adevair mandou uma imagem constrangedora, da cintura para baixo, para ela [um nude]. Quando ela recebeu a foto, ela 'cortou' ele e a partir do momento que ela se nega a essa situação, começaram a perseguí-la dentro do seu trabalho”, disse Abílio ao HNT/Hipernotícias.

Ainda segundo ele, a mulher foi perseguida por um coordenador, indicado por Adevair, da Unidade Básica de Saúde, onde ela trabalhava.

“Tudo isso começou a acontecer após ela se negar ao constrangimento que ela passou com o suposto assédio sexual [...] Ela não denunciou por medo e ainda tinha o fato de não sabermos se na imagem era o próprio Adevair”, citou.

Abílio conta que só teve a certeza de que era o seu colega de parlamento, na foto, após o boletim de ocorrência feito na última quinta-feira (31). Nele, Adevair confirma que é ele mesmo a pessoa da imagem.

“Eu nunca vi o Adevair da cintura para baixo, não teria como eu saber se era ele ou não. Ai ele vai e faz um boletim de ocorrência e fala que era ele e fala que eu estou mostrando uma foto dele para as pessoas. Cabe a pergunta: Como uma imagem dele, da cintura para baixo, foi parar no celular de uma servidora do município?”, questiona Abílio.

Boletim de ocorrência

Na tarde de quinta-feira (31), Cabral registrou um boletim de ocorrência contra o seu colega de parlamento Abílio Brunini Júnior (PSC), denunciando-o por difamação e calúnia.

De acordo com o BO, Abílio estaria mostrando uma foto de Adevair "deitado em uma cama" para outros membros da Câmara Municipal. A acusação foi registrada na tarde desta quinta-feira (31), na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Cuiabá, localizada na Avenida Tenente Coronel Duarte.

Na queixa, Adevair afirma que Abílio disse que iria “expô-lo”.  O denunciante alega ainda que ficou sabendo da ameaça pelo próprio colega denunciado, há 30 dias.

Outro lado

Em nota o vereador Adevair Cabral informa que:

Com relação à suposta denúncia de assédio, o vereador Adevair Cabral (PSDB) esclarece que:

- Tomou conhecimentos do fato por meio da imprensa, tendo em vista que não há qualquer tipo de representação ou denúncia contra a sua pessoa nos órgão de controle;

- Afirma ainda que irá buscar se interar sobre o ocorrido para tomar as providências cabíveis;

- Na tarde desta quinta-feira, dia 31, o parlamentar registrou um Boletim de Ocorrência contra o vereador Abílio Junior (PSC), uma vez que chegou ao seu conhecimento que o parlamentar estava propagando fotos íntimas suas para os demais integrantes do Parlamento Municipal;

- Até então, Adevair não tinha conhecimento de qualquer tipo de denúncia contra a sua pessoa.

- O registro do Boletim de Ocorrência foi uma forma de resguardar a sua privacidade e de sua família.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei - 1