Terça-feira, 16 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,94
libra R$ 5,94

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,94
libra R$ 5,94

Política Quarta-feira, 28 de Setembro de 2022, 14:53 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 28 de Setembro de 2022, 14h:53 - A | A

PROGRAMA ELEITORAL

Mauro traz Virginia para reforçar propostas e Marcia insiste em ataques na última aparição

governador e a primeira-dama do Estado, Virgínia Mendes, contornaram pontos polêmicos do governo, como a ampliação das ações sociais e a relação com a educação. Márcia Pinheiro usou o tempo para dizer que sofreu “ataques machistas”

Da Redação

Os principais candidatos ao governo de Mato Grosso apresentaram, nesta quarta-feira (28), seus últimos programas eleitorais antes das eleições, no próximo dia 2 de outubro. O candidato à reeleição Mauro Mendes (UB) optou por trazer a esposa, Virgínia Mendes, para reforçar compromissos com a população. Já a primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (PV), falou sobre os “ataques machistas” que sofreu durante a campanha.

As conquistas do primeiro mandato deram o tom do programa de Mauro. Ele relembrou obras de infraestrutura, a construção de novas escolas, hospitais e a entrega do cartão Ser Família Emergencial.

Durante o programa, a primeira-dama do Estado, Virgínia Mendes, prometeu a continuidade das ações sociais do governo. Também garantiu estender os benefícios a mais famílias carentes no Estado.

Com relação às propostas, Mauro contornou as crítica que recebe pelo “fechamento” de escolas e prometeu novas unidades escolares, além de mais vagas em período integral. Também reforçou a promessa de construir 40 mil casas populares e de concluir seis hospitais em obras.

MÁRCIA PINHEIRO

A primeira-dama de Cuiabá abriu o último programa eleitoral dizendo estar “de pé” mesmo no auge de uma campanha “dura, cruel e cheia de ataques machistas”.

Na última edição do programa eleitoral, Márcia mostrou o apoio que recebeu de eleitores em todo Estado durante os 45 dias de campanha e não deixou de reservar grande parte do seu tempo na TV para fazer ataques ao atual governo.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros