Domingo, 16 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

Política Terça-feira, 14 de Maio de 2024, 17:01 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 14 de Maio de 2024, 17h:01 - A | A

FAVORECE AGRONEGÓCIO

Mauro cobra Lei Geral dos Licenciamentos em NY: "estamos presos à burocracia"; veja vídeo

Governador fez provocação à senadora Tereza Cristina, presente no evento nos EUA, que é relatora do PL na Comissão de Agricultura no Legislativo

CAMILA RIBEIRO
Da Redação

O governador Mauro Mendes (União Brasil) cobrou do Senado a votação da Lei Geral dos Licenciamentos que simplifica os moldes atuais para atividades com potencial poluidor ou que possam causar degradação ao meio ambiente. O projeto de lei 2159/2021 passou pela Câmara dos Deputados e está "parado" no Senado. Segundo o governador, o Brasil está "preso" à burocracia, perdendo investimentos. A provocação ao Congresso Nacional foi feita durante discurso no encontro de líderes empresariais no Lide Investment Forum 2024, em Nova Yorque, nos Estados Unidos.

LEIA MAIS: Governador destaca que MT é um "gigante de oportunidades" em economia verde

Em Mato Grosso, o agronegócio é o principal interessado para a deliberação do PL. Por isso, ao comentar sobre a pauta, o governador se dirigiu à senadora e ex-ministra da Agricultura, Tereza Cristina (PP-MS). A parlamentar é a relatora do projeto na Comissão de Agricultura e Refoma Agrária (CRA). 

O projeto de lei 2159/2021 começou a ser discutido na Comissão do Meio Ambiente em 8 de dezembro de 2023. No dia 13 do mesmo mês, foi retirado de pauta e está há cinco meses sem nova movimentação no Senado. 

"Hoje, o Estado brasileiro faz muito poucos investimentos. Estamos amarrados e presos à burocracia criada por nós e mantida ao longo de anos. Ministra Tereza Cristina (sic), o nosso licencimaneto ambiental está parado no Senado Federal, não podemos confundir o preciosismo de uma lei burocrática que hoje joga contra o país, contra o setor produtivo, impondo grandes amarras para que grandes obras e projetos saiam do papel e se tornem realidade, criando cada vez mais grandes oportunidades. Precisamos fazer o que é necessário", falou o governador nesta terça-feira (14). 

Mauro Mendes argumentou que foi assuminda uma postura desruptiva pela qual Mato Grosso saiu da 24º colocação no ranking de gestão fiscal para o topo da lista entre os estados do país. 

"O estado de Mato Grosso, há poucos anos, tinha um profundo desequilíbrio fiscal. Adotamos o equilíbrio fiscal. Éramos o 24º em gestão fiscal do país. Sem gestão, você não faz investimento, ninguém sobrevive. Foi assim que saímos de 24º, alcançamos o topo da lista da gestão fical e conseguimos fazer grandes investimentos. Mato Grosso está investindo em torno de 19% da sua receita", disse o governador. 

VEJA VÍDEO

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros