Política Terça-feira, 11 de Outubro de 2011, 18:33 - A | A

Terça-feira, 11 de Outubro de 2011, 18h:33 - A | A

BRIGA DE FOICE

Deputado Aray Fonseca promete processar e pedir cassação de vereador

Aray Fonseca chama Deucimar de desequilibrado e promete que vai revidar com processo por causa de uma gravação; vereador diz que ex-presidente da Sanecap é traidor

PAULO COELHO

 

Mayke Toscano/Hipernotícias

Deucimar Fonseca (foto) diz que Aray Fonseca é traidor, já que esperou Luiz Marinho se afastar para se filiar ao PSD

 

O deputado estadual Aray Fonseca (PSD) disse na tarde desta terça-feira na Assembleia Legislativa que vai processar e pedir a cassação do mandato do vereador Deucimar Silva (PP).

O motivo se deve ainda às acusações que Silva fez ao parlamentar quando este ainda era presidente da Companhia de Saneamento da Capital (Sanecap) e culminou com críticas que o vereador fez na sessão ordinária desta terça-feira (11) na Câmara Municipal contra Aray, que deixou recentemente a presidência da Companhia para ocupar a vaga na Assembleia no lugar do deputado Luiz Marinho, titular do PTB e que precisou se licenciar para tratamento de Saúde.

Inimigo declarado de Aray, Deucimar enfatizou que o PTB deve recorrer para garantir a vaga da sigla na Assembleia, uma vez que Aray acaba de migrar para o recém-criado PSD, enquanto que Marinho continua com saúde debilitada, sem previsão de retorno para às atividades legislativas.

No parlamento municipal, o vereador chegou a apresentar uma fita que denunciava irregularidades na condução dos trabalhos administrados por Aray no processo de concessão da Sanecap.

“Ele é uma pessoa desequilibrada, não sabe o que fala, tanto que já provei que a fita dele tem 59 fraudes editadas. Naquela fita da Sanecap eu corrijo todos os erros de licitações que tinha de gestões passadas e estou apenas estou aguardando parecer do Ministério Público das poucas licitações que foram feitas na minha gestão e quando eu tiver a comprovação da minha transparência e seriedade nas minhas licitações, eu vou processá-lo e processar quem divulgou erroneamente essa fita e em decorrente disso vou pedir a cassação do vereador porque ele é um desequilibrado, intempestivo que só fala bobagem, que tenta denegrir a imagem dos outros para intimidar em benefício financeiro próprio e por isso acho que ele deve ficar fora da política”, disse Aray Fonseca.

OUTRO LADO

“Quem é ele para pedir a cassação do meu mandato?” A indagação é do vereador Deucimar Silva ao rebater a ameaça do deputado Aray Fonseca.
O vereador também alegou que não adulterou a fita e que apenas a protocolou junto à procuradoria do município e que foi o prefeito Chico Galindo (PTB) que a repassou para Aray.

“Se alguém adulterou a fita esse alguém foi ele (Aray), foi ele que fez os cortes e eu espero por ele um dia na Câmara para vir esclarecer todas as irregularidades constantes na fita”, continuou Deucimar.

Sobre seu discurso na Câmara na manhã desta terça, Deucimar minimizou alegando que não quis intervir na situação interna do PTB e que apenas taxou Aray de “traidor”, já que poderia esperar a recuperação de Luiz Marinho para mudar de partido, até porque pelo que sabe Fonseca não pretende disputar as eleições do ano que vem.

“Foi o prefeito Galindo que articulou para ele (Aray) entrar na vaga do Luiz Marinho justamente para tirá-lo do foco desgastante que passava à frente da Sanecap, aí ele trai o prefeito e trai a família do Luiz Marinho, se filiando no PSD”, completou Deucimar.

O vereador, que hoje é o suplente imediato de deputado estadual do PP, também garantiu ao HiperNoticias que não vai requerer na Justiça a vaga do hoje deputado Luizinho Magalhães, primeiro suplente e hoje atua no lugar do titular João Malheiros, que virou secretário de Estado.

É que Luizinho também migrou para o PSD e, conforme a legislação eleitoral, a vaga, num caso como esse, é do partido de origem, no caso o PP o que, ao menos em tese, beneficiaria Deucimar Silva.

“Isso está fora de cogitação, nós sequer cogitamos isso”, garantiu o parlamentar, alegação, aliás, endossada pelo secretário-geral do PP-MT, deputado estadual Ezequiel Fonseca.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros