Sexta-feira, 14 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,37
euro R$ 5,77
libra R$ 5,77

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,37
euro R$ 5,77
libra R$ 5,77

Política Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2018, 07:57 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2018, 07h:57 - A | A

RECORDE ABSOLUTO

André Baby é o oitavo membro do alto escalão de Taques a ser preso

LEONARDO HEITOR

Preso na tarde de terça-feira (18), o secretário de Estado de Meio Ambiente (Sema), André Luis Torres Baby, é o oitavo integrante do alto escalão do governo preso durante a gestão de Pedro Taques (PSDB). Ele foi detido ainda no aeroporto de Cuiabá, quando retornava de viagem ao exterior.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

pedro taques preocupado

 

Baby se une aos coronéis da Polícia Militar Evandro Lesco, ex-secretário da Casa Militar, Airton Siqueira Junior, ex-secretário de Justiça e Direitos Humanos, além de Zaqueu Barbosa, ex-comandante geral da PM, Rogers Jarbas, da Segurança e o primo de Pedro Taques e ex-chefe da Casa Civil, Paulo Taques Estes são investigados por escutas ilegais praticadas contra dezenas de pessoas no estado em esquema conhecido como Grampolândia Pantaneira.

 

Também foram presos na gestão de Taques os ex-secretário de Educação, Permínio Pinto, acusado de integrar grupo que fraudar licitações de obras na Pasta. Os fatos são apurados na Operação Rêmora. O atual secretário de Saúde, Luiz Soares, também foi detido acusado descumprir decisão judicial para forcecimento de remédios.

 

A gestão de Taques, que se encerra no dia 31 de dezembro, teve ainda teve busca e apreensão contra  Eduardo Moura, que comandou a Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos de Mato Grosso (Ager) e  coronel Ronelson Barros, adjunto de Lesco na Casa Militar, foi para a cadeia.

 

Baby foi preso por determinação do desembargador Orlando Perri, do Tribunal de Justiça, na quarta fase da Operação Polygonum, deflagrada na última semana. O secretário era procurado pela polícia e foi preso no final da tarde desta terça.

 

A Operação Polygonum apura um suposto esquema no sistema de regularização e monitoramento de propriedades rurais e instrumentalizados no Cadastro Ambiental Rural (CAR) da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema).

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

OLIVEIRA CUIABANO 19/12/2018

E PEDRINHO PARECE QUE AS COISAS NÃO ESTA TÃO BEM PARA O SEU LADO, CUIDADO PARA O VENTO NÃO SOPRAR O CONTRARIO, PORQUE AI PODE RESPIGAR EM VOCÊ.

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros