Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 18h:27

Tamanho do texto A - A+

Polícia Civil confirma nove mortos na chacina em Colniza; ainda não há identificação de todos os corpos

Por: JESSICA BACHEGA

A Polícia Civil confirmou nove mortos na chacina registrada na Gleba Taquaruçu, há 250 km de Colniza (distante a 1.065 km de Cuiabá). O número de vítimas foi confirmado no início da noite desta sexta-feira (21) após o trabalho dos peritos no local. Não foi informando sobre os feridos.

 

Reprodução

chacina

 

A principio foram repassadas que eram dez mortos entre adultos e crianças, no entanto a Secretaria de Segurança Pública (Sesp) ressaltou nesta sexta-feira que não havia crianças entre as vítimas. Como o local é de difícil acesso as informações também sofrem dificuldades para serem divulgadas.

 

Na quinta-feira (20), equipes da Polícia Judiciária Civil e da Polícia Militar se deslocaram para gleba. Por volta das 17 horas, profissionais da Polícia Judiciária Civil chegaram, em Guariba, distrito de Colniza onde está localizada a Gleba, último local com sinal telefônico.

 

Por enquanto, há suspeitas de que três dos mortos são Marciano dos Santos Mateus, Cristiane dos Santos Mateus e uma terceira identificada apenas como Edson. Investigadores de cidades próximas informaram que familiares das vítimas citadas buscaram a polícia, pois teriam recebido informações que os parentes estavam entre os mortos. Os demais ainda não foram identificados.

 

Os peritos aidnda trabalham no local e os corpos devem ser encaminhados para o Institudo Médico Legal (IML) de Colniza.

 

Nenhum suspeito foi localizado até o momento.

 

A informação da chacina chegou à delegacia por volta das 12h, quando uma pessoa anônima ligou para informar que um grupo chegou na zona rural e disparou vários tiros. "Parecia filme de guerra. Tiros em quem aparecia", disse uma fonte.

 

Leia também

Polícia segue com trabalho em Colniza e 3 nomes de possíveis vítimas são divulgados

Pistoleiros matam crianças, mulheres e agricultores em gleba; 10 vítimas no total

 

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei - 1