Sábado, 13 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,95
libra R$ 5,95

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,95
libra R$ 5,95

Polícia Quarta-feira, 21 de Dezembro de 2022, 08:37 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 21 de Dezembro de 2022, 08h:37 - A | A

ALTA FLORESTA

Garoto de 14 anos foi morto a tiros por suspeita de integrar facção criminosa rival

Crime ocorreu no final de semana; Alexsandro foi assassinado com vários tiros enquanto caminhava na avenida Mato Grosso

AMANDA DIVINA
Da Redação

O delegado Thiago Marques afirmou que o adolescente de 14 anos, Alexsandro Carolo Valdevino, foi assassinado a tiros após integrantes de uma facção criminosa suspeitarem de que ele seria membro de grupo criminoso rival. O menor morreu no último sábado (17), no município de Alta Floresta (a 777 km de Cuiabá), e seis pessoas envolvidas no crime foram detidas.

LEIA MAIS: Polícia Civil prende 6 pessoas envolvidas no homicídio de um adolescente em Alta Floresta

1033596.jpg

 

Alexsandro foi assassinado com vários tiros enquanto caminhava na avenida Mato Grosso. Ele foi abordado por dois criminosos que estavam em uma motocicleta e, após cometerem o crime, fugiram do local.

"A motivação não é novidade para a população de Alta Floresta, esses indivíduos criminosos tinham suspeita de que a vítima seria integrante de uma facção criminosa rival. A simples e mera suspeita foi suficiente para que esses indivíduos praticassem esse crime. Segundo a família, ele era um garoto trabalhador, trabalhava com a família, pai e irmãos na construção civil", afirmou.

Dois maiores de 18 anos foram autuados por homicídio qualificado pelo motivo torpe, pela emboscada e por meio que impossibilitou a defesa do ofendido. Três adolescentes de 16, 15 e 14 anos e uma menor de 14 anos foram apreendidos e autuados em ato infracional análogo ao crime de homicídio qualificado.

Nas investigações, foi descoberto que minutos antes de ser morto, Alexsandro estava em um estabelecimento comercial na companhia de mais cinco pessoas. Analisando as imagens captadas por câmeras de seguranças nas imediações do fato, após entrevistas de testemunhas e com base em outros indícios, foi possível identificar o grupo envolvido no crime.

Em seguida, os policiais civis avistaram dois dos suspeitos passando próximo ao local de isolamento do corpo. Em ato contínuo, foi feita a abordagem da dupla e um deles acabou assumindo os fatos. Minutos depois, foi possível localizar os outros três envolvidos, entre eles a adolescente e o autor dos disparos de arma de fogo.

Os seis indivíduos, sendo dois maiores e quatro adolescentes, foram encaminhados até a Delegacia de Polícia de Alta Floresta para esclarecimentos.

Os conduzidos foram ouvidos e autuados em flagrante e ato infracional, respectivamente, por homicídio qualificado pelo motivo torpe, pela emboscada e por meio que impossibilitou a defesa do ofendido. Após a confecção dos autos, os presos e apreendidos foram apresentados e colocados à disposição da Justiça.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros