Segunda-feira, 24 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,81
libra R$ 5,81

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,81
libra R$ 5,81

Polícia Sexta-feira, 05 de Outubro de 2018, 18:07 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sexta-feira, 05 de Outubro de 2018, 18h:07 - A | A

NEGOU SER DO COMANDO VERMELHO

Em vídeo, acusado de chacina confessa crimes e diz que vítimas morreram por serem de facção rival

LUIS VINICIUS

Um vídeo, que circula nas redes sociais, mostra o preso Thalyson Thiago Taborda Oliveira, 23 anos, confessando ser um dos três autores da chacina, na qual quatro pessoas foram assassinadas e duas baleadas, na manhã de quarta-feira (3), em Várzea Grande. Até o momento, outros dois executores estão foragidos. O vídeo, segundo informações, foi gravado horas após o crime.

 

thalyson preso derf.jpg

 

Ainda dentro da viatura, o criminoso confessa que dirigiu o veículo Renault Sandero até a residência, localizada na Rua Miguel Leite, no bairro Água Limpa, e participou das quatro execuções.

 

Ao ser questionado, Thalyson afirma que Donato Silva Nascimento, conhecido como Netinho, 24 anos, e Luiz Fernando Oliveira Caetano Moreira, chamado de Dumbo ou Dumbão, mataram as vítimas por pertencerem a uma facção rival.

 

Na chacina morreram: Felipe Melo dos Santos, 25 anos, Leandro Luiz Oliveira, de 26 anos, e as adolescentes Keize Rodrigues, 16 anos, e Lana Talyssa Moreira Bezerra, 13 anos. Júnior da Silva Pereira, 31 anos, e Vitor Santana Santos, de 23 anos, foram baleados e encaminhados ao Pronto-Socorro de Várzea Grande (PSVG). Eles são moradores da cidade de Tangará da Serra (240 de Cuiabá) e estavam na cidade há poucos dias. Todas as vítimas seriam integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC), principal rival do Comando Vermelho.

 

“Estava no crime Dumbão e Netinho. O meu (nome) é Thiago. Eu desci (do carro) e dirigi o carro. Eu estava com uma pistola ponto 40”, narra o preso, na filmagem. Em outro momento, o acusado  afirma: "Eu não conheço, eles eram de uma facção rival”, ao ser questionado sobre quem seriam as vítimas e por qual motivo foram mortas.

 

Mayke Toscano/Hipernoticias

derf/operação furacão/delegada da Polícia Civil/Elaine Fernandes da Silva

 A prisão foi realizada pela delegada Elaine Fernandes da Delegacia Especializa de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG)

Logo depois, o rapaz afirma que as vítimas eram da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) e que quem executou os jovens foram membros do Comando Vermelho (CVMT). “Eles são do PCC, mas eu não sou do Comando Vermelho, não. Eu matei porque eles são de facções rivais e estavam me ameaçando de morte. Os caras são esses aí, Dumbão do Cristo Rei e Netinho. O outro sou eu”, concluiu.

 

O suspeito Thalyson foi preso no bairro Cristo Rei e autuado em flagrante por crimes de homicídios qualificados consumados (quatro), dupla tentativa de homicídio, integrar organização criminosa, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e permitido, uso de artefato explosivo ou incendiário e receptação. A prisão foi realizada pela Delegacia Especializa de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG).

 

Com o suspeito, os policiais apreenderam três armas de fogo (duas pistolas, calibres 40 e 9 mm, e um revólver 38), balaclava (capuz), colete, seis bananas explosivos, coldre, cinto, celulares e outros. As armas de fogo serão encaminhadas para perícia, assim como os demais objetos apreendidos. A pistola calibre 40 foi roubada/furtada e pertence a Polícia Civil.

 

 

Veja o vídeo

 

 

 

 

 

Leia mais 

 

Criminosos encapuzados invadem casa em VG, matam dois homens e deixam dois feridos 

 

Corpos de duas mulheres são encontrados em rio de VG

  

Polícia Civil prende um dos executores da tentativa de chacina em Várzea Grande

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros