Polícia Terça-feira, 29 de Setembro de 2020, 14:56 - A | A

Terça-feira, 29 de Setembro de 2020, 14h:56 - A | A

SANTA CASA

Dupla é presa suspeita de furtar fios de rede elétrica da Santa Casa

REDAÇÃO

Dois homens, um de 28 e outro de 29 anos, foram presos nessa segunda-feira (28), suspeitos de terem furtado a fiação externa da rede elétrica do Hospital Estadual Santa Casa, em Cuiabá. Com a dupla foi apreendido parte do cabeamento levado na ação criminosa.

 

Reprodução/PMMT

FIOS.jpg

LEIA MAIS: Fios de energia são furtados do Hospital Estadual Santa Casa de Cuiabá

 

Os policiais identificaram e detiveram os suspeitos em uma casa abandonada, no bairro Bandeirantes, próximo a Santa Casa.

A polícia apreendeu com os suspeitos parte do cabeamento furtado do hospital, dois facões e uma porção de pasta base de cocaína. A PM suspeita que eles sejam ainda os autores dos três furtos registrados na Santa Casa, devido a quantidade de cabos elétricos encontrados na residência. Os suspeitos já haviam retirado parte do cobre (material de alto valor) encontrado nos fios elétricos furtados. 

O comandante do 1º Batalhão da PM, tenente-coronel Marco Antônio Guimarães conta que os dois homens são moradores de rua e estavam em uma casa abandonada frequentada por usuários de drogas que ficam na região central. O militar ressalta ainda que o policiamento na região foi reforçado.

“Os suspeitos já têm passagens pela polícia, eles são usuários de entorpecentes, na região central de Cuiabá. O policiamento foi redobrado, não apenas no entorno do Hospital Santa Casa, mas intensificamos ainda mais nossas ações de patrulhamento em toda a área para impedir essas ações criminosas e garantir a segurança para a população. Estamos à disposição da equipe desse importante hospital”, destacou o tenente-coronel.

Os suspeitos foram presos por crimes de furto, dano e uso ilícito de entorpecentes. Eles foram conduzidos à Central de Flagrantes. O caso está sendo investigado pela Polícia Judiciária Civil.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros