Sábado, 28 de Março de 2020, 14h:55

Tamanho do texto A - A+

"Decretado" pelo Comando Vermelho consegue fugir após arma falhar

Por: LUIS VINICIUS

Um membro da facção Comando Vermelho de 35 anos, conhecido como “Macumba” foi preso pela Polícia Militar suspeito de participado de uma tentativa de homicídio. A prisão foi realizada no fim da noite de sexta-feira (27), no Distrito da Guia, em Cuiabá. A vítima relatou que só escapou devido à arma ter falhado.

Reprodução

comando vermelho

 

A Polícia Militar informou que foi acionada após populares ouvirem barulhos de tiros na região. Diante da denúncia, os policiais deslocaram ao matagal e a princípio nada foi encontrado. Porém, os PMs receberam outra queixa de que quem teria atirado era o suspeito Macumba.

Devido os militares já conhecerem o denunciado, foram até a casa de Macumba. Quando ele percebeu a aproximação dos agentes, tentou fugir pelo fundo da residência com um outro suspeito.

No entanto, Macumba foi preso e o outro criminoso conseguiu fugir. Ao ser questionado, o mesmo negou o crime, mas confessou que foi ao local para levar uma pessoa à região de mata.

Na sequência, os policiais questionaram a vítima que disse que estava “decretado” pelo Comando Vermelho por estar andando com um homem chamado “Neto” que também estava decretado.

No dicionário paralelo do crime, decretado quer dizer que ele estava com a morte encomendada.

A vítima disse que chegou ao local após ser convidado por um homem chamado “Vitinho”.

No matagal, a vítima encontrou Macumba que estava armado. Vitinho também portava uma arma.

Com a vítima rendida, Vitinho sacou um revólver e puxou o gatilho diversas vezes. Porém, a arma falhou e o homem conseguiu fugir e se esconder no pátio de uma igreja. Ele não ficou ferido.

Diante dos fatos, Macumba foi encaminhado à Central de Flagrantes para prestar depoimento ao delegado de plantão.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei