Quarta-feira, 24 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,59
euro R$ 6,07
libra R$ 6,07

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,59
euro R$ 6,07
libra R$ 6,07

Polícia Domingo, 02 de Outubro de 2022, 08:48 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Domingo, 02 de Outubro de 2022, 08h:48 - A | A

POR CIÚMES

Briga de irmãs termina com uma delas esfaqueada em Cáceres

Vítima só não morta porque o esposo da suspeita chegou no local e conseguiu desarmá-la

MÁRCIA TOMAZ
Da Redação

Uma mulher de 28 anos foi socorrida em estado grave após ser esfaqueada pela própria irmã durante uma discussão em uma festa de família. O crime aconteceu na noite de sábado (1º), no bairro Jardim Celeste, em Cáceres (225 km de Cuiabá). A motivação do crime seria ciúmes.

De acordo com boletim de ocorrência, uma guarnição da Polícia Militar foi acionada em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), após a vítima dar entrada com várias perfurações pelo corpo de golpes de faca.

A vítima relatou aos policiais que estava na casa de sua mãe em uma confraternização de família, quando começou uma discussão com sua irmã. Naquele momento, os ânimos foram acalmados por familiares, que intervieram e apartaram as duas.

Horas depois, a vítima se deslocava para sua residência quando, ao passar na frente na casa da irmã, que mora no mesmo bairro da mãe, a suspeita estava na rua, ambas começaram a discutir por ciúmes e entraram em luta corporal.

A suspeita portava uma faca e desferiu diversos golpes na irmã. A vítima só não foi morta porque o esposo da suspeita chegou ao local e conseguiu desarmá-la.

A vítima foi socorrida por familiares e encaminhada à UPA com perfusões na cabeça, no pescoço, nos ombros, nos braços e penas.

O esposo da suspeita se aprestou como advogado dela e garantiu que irá se apresentar na delegacia em dias oportunos. O caso foi registrado na delegacia como tentativa de homicídio doloso.

A Polícia Civil investiga o caso.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros