Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 09h:16

Tamanho do texto A - A+

"Eles passarão, nós passarinho"

Em alusão a um trecho de um poema de Mário Quintana: “eles passarão, nós passarinho”, o ex-governador Pedro Taques fez uma dura crítica em uma publicação no Instagram, que tudo indica que seja uma indireta ao presidente da República, Jair Bolsonaro, que comparou o coronavírus, a uma ‘gripezinha’.

Alan Cosme/HiperNoticias

pedro taques

 

Taques publicou uma foto que retrata o sofrimento de enfermeiros da Itália, país que concentra um dos maiores números de casos.  “Imagens de profissionais da saúde na Itália: isso é real! Não é uma gripinha, precisamos obedecer as recomendações de quem entende, não dos irresponsáveis; continuem a atender as recomendações do Governo do nosso Estado, sem pânico, sem medo, com responsabilidade”, disse o ex-governador no post.

Opositor ferrenho à atual gestão de Mauro Mendes (DEM), Taques parece concordar em ao menos uma questão com o democrata: é preciso salvar vidas. “Precisamos pensar na economia, nos empregos, mas o momento é de salvar vidas; fique em casa! Os Idiotas passarão, nós passarinhos”, completou "recriando" o poema de Quintana.

Credito:
Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei