Mundo Domingo, 17 de Abril de 2011, 13:59 - A | A

Domingo, 17 de Abril de 2011, 13h:59 - A | A

Fúria da Natureza

Tornados já deixaram ao menos 47 mortos nos EUA

A governadora da Carolina do Norte, Beverly Perdue, decretou estado de emergência e assinalou que esta é a pior tempestade desde março de 1984

da EFE, em Washington

Rogelio V. Solis/AP
Destruição após a passagem do tornado na região de Clinton, Mississippi

As tempestades e tornados que castigam o sudeste dos Estados Unidos neste fim de semana deixaram pelo menos 47 mortos em seis estados do sul do país, segundo um boletim da emissora "NBC", mas "o pior está por chegar", advertiu neste domingo a Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera (NOAA, na sigla em inglês).

As equipes de emergência estão à procura de vítimas nos locais mais afetados da Carolina do Norte, onde foram registrados 62 tornados na madrugada passada, quando passou pela região uma tempestade de primavera considerada a pior das duas últimas décadas.

Segundo o Serviço Nacional de Meteorologia, as tempestades na Carolina do Norte causaram 24 mortes, 14 delas em um mesmo condado, e as autoridades advertiram que o número pode aumentar, pois há dezenas de casas e estabelecimentos comerciais destruídos.

A governadora da Carolina do Norte, Beverly Perdue, decretou estado de emergência e assinalou que esta é a pior tempestade desde março de 1984, quando tempestades provocaram 22 tornados na Carolina do Norte e do Sul, deixando 57 mortos e centenas de feridos.

"Nossos pensamentos e orações estão com todos na Carolina do Norte, que viveu este dia horrível", declarou Perdue.

O sistema de tempestades originado no centro do país chegou na sexta-feira aos estados do sudeste: Mississipi, Alabama e Tennessee.

Milhares de pessoas ficaram sem energia elétrica após a tragédia, que provocou fortes tornados e inundações e causaram duas mortes em Oklahoma, nove no Arkansas, sete no Alabama, uma no Mississipi e quatro na Virgínia.

"Os meteorologistas da NOAA advertem que o pior está por vir", indicou o órgão em comunicado. As autoridades recomendam aos cidadãos que acompanhem o noticiário e estejam preparados caso tenham de se abrigar ou se deslocar de suas casas.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros