Sábado, 18 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

Justiça Terça-feira, 14 de Maio de 2024, 17:10 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 14 de Maio de 2024, 17h:10 - A | A

PROPAGANDA SUBLIMINAR

Justiça determina que pré-candidata à Prefeitura de Sinop apague posts com Bolsonaro

Ao analisar o caso, a Justiça ratificou a tese do MP e afirmou que, ao vincular seu nome ao do ex-presidente Jair Bolsonaro em faixas, camisetas e bonés, Mirtes incorreu em propaganda eleitoral antecipada, de forma subliminar

RAYNNA NICOLAS
Da Redação

A Justiça Eleitoral determinou que a pré-candidata à Prefeitura de Sinop, Mirtes Eni Leitzke Grotta, remova de suas redes sociais publicações feitas durante a visita do presidente Jair Bolsonaro (PL) a Mato Grosso. Decisão atendeu a pedido do Ministério Público, que apontou a ocorrência de propaganda eleitoral antecipada. 

Ao analisar o caso, a Justiça ratificou a tese do MP e afirmou que, ao vincular seu nome ao do ex-presidente Jair Bolsonaro em faixas, camisetas e bonés, Mirtes incorreu em propaganda eleitoral antecipada, de forma subliminar. 

LEIA MAIS: MPE acusa pré-candidata de propaganda antecipada durante visita de Bolsonaro

"Forçoso reconhecer o desajuste da forma e dos meios utilizados pela representada, quando, utilizando-se de faixas fixadas em vias públicas nominadas “Mirtes da Transterra”, bem como boné e camiseta com os dizeres “Mirtes da Transterra” em todo o percurso da carreata divulga de forma subliminar, ser a melhor opção para Sinop, colando a sua imagem a do ex-presidente da república, Jair Messias Bolsonaro, ferindo, portanto, o princípio da igualdade e a boa-fé objetiva com que todos devem portar diante do processo eleitoral", diz trecho da decisão.

Na determinação, o magistrado mandou que Mirtes remova de suas redes sociais dezenas de publicações, além de que se abstenha de publicá-las novamente. Multa em caso de descumprimento é de R$ 5 mil ao dia. 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros