Quarta-feira, 19 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,84
libra R$ 5,84

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,84
libra R$ 5,84

Empreendedor Segunda-feira, 17 de Julho de 2023, 16:15 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 17 de Julho de 2023, 16h:15 - A | A

SAÚDE

Uniformes com proteção UV é qualidade de trabalho em Mato Grosso

Uniformes com proteção UV servem como uma camada de proteção extra para nossa pele, e usados corretamente evitam desde ressecamento até o câncer de pele

REDAÇÃO

Ressecamento da pele, irritação dos olhos e sangramento pelo nariz. Estes são apenas alguns dos problemas de saúde que algumas pessoas desenvolvem nessa época do ano, em que os termômetros registram facilmente temperaturas acima dos 40 graus. E em um estado como Mato Grosso, onde o sol reina quase o ano todo, os cuidados com a saúde devem ser redobrados quando se trata de proteger do sol.

Para pessoas que trabalham em ambientes com exposição solar, os cuidados exigidos são ainda maiores. O Ministério do Trabalho orienta que os empregadores forneçam, além do protetor solar, equipamentos de segurança como chapéus, bonés, óculos, luvas e roupas adequadas.

E no caso das roupas, as mais eficientes são os uniformes com proteção contra os raios ultravioletas. Os uniformes com proteção contra raios UVA e UVB, os quais são chamados de raios UV - raios ultravioletas, são peças de roupa que apresentam propriedades que garantem alta proteção contra os efeitos nocivos à saúde.

A gerente de Relacionamentos da Stamp, Fernanda Maluf, explica que Mato Grosso faz parte do chamado “cinturão solar”, uma área que se estende do Nordeste até o Pantanal, onde a incidência da radiação solar pode chegar a quase o dobro das demais regiões brasileiras. “Sabemos que o sol age com benevolência até um certo nível de incidência, mas a exposição prolongada a um alto nível de radiação pode ser muito nociva. Aqui na Stamp temos opções de malhas com fator de proteção solar (FPS) 50+ contra raios UV, os mais danosos à pele, cujo uso protege o torso e os braços de quem fica muito exposto ao sol.”

Estes uniformes, que contam com proteção FPU 50+ e bloqueiam 98% dos raios solares, evitam inclusive o surgimento de câncer de pele. A curto prazo, o uniforme com proteção solar pode evitar insolação e queimaduras. As vantagens a longo prazo são ainda maiores, diminui as chances do aparecimento de problemas como câncer de pele, catarata e envelhecimento precoce.

O empresário Alessandro Pires atua com a venda de extintores de incêndio há mais de 20 anos, e fornece uniformes com proteção UV para seus colaboradores. “Sabemos da importância do uso desses uniformes, principalmente para os trabalhadores que ficam muito tempo em área aberta, então buscamos a Stamp pois identificamos que eles forneciam a melhor malha, e o custo-benefício dos produtos da Stamp também se mostraram os mais atrativos”.

No caso dos uniformes produzidos pela Stamp, o principal diferencial é a qualidade. “Fazemos questão de avaliar e testar sob todas as condições que possam ser utilizadas, e fazemos isso para que tenham o mesmo desempenho quando chegar às mãos do nosso cliente, além de termos uma gama de fornecedores que passam por altos crivos antes de serem contratados, principalmente testes de resistência”, destaca Fernanda.

“Nosso cliente pode ficar tranquilo quanto às peças que chegam até ele porque qualidade é o quesito número 1, sempre”, completa.

Vantagens

Fernanda Maluf ressalta que uma das principais vantagens da Stamp é ter um dos maiores parques industriais têxteis do estado. “Isso dá tranquilidade em ter um produto de alta qualidade em mãos, nosso cliente também tem a garantia da entrega de uma empresa séria, com processos definidos, que por sua vez garante o cumprimento do prazo acordado”.

Outro ponto forte da Stamp é o atendimento. “Temos como foco principal atender, quando não antecipar, as demandas do mercado, portanto quando começamos a atuar, há 37 anos, vimos que havia a necessidade da personalização das marcas existentes na capital de Mato Grosso”, diz a gerente de Relacionamento.

Nestas quase quatro décadas, a Stamp expandiu a análise para suprir as necessidades principalmente em relação a modelagem, logística e tipos de material, sendo que isso só foi possível graças à evolução da tecnologia empregada na fabricação e na contratação de bons profissionais, que se especializam frequentemente.

“Nossos fornecedores também fizeram importantes atualizações ao longo do tempo, que nos permitiu oferecer ao cliente final produtos que melhorem a qualidade de vida de quem compra e de quem veste o uniforme”, conclui Fernanda.

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros