Sexta-Feira, 20 de Março de 2020, 10h:36

Tamanho do texto A - A+

Lojas Dona do Lar liberam funcionários em grupo de risco em prevenção ao coronavírus

Por: KHAYO RIBEIRO

O grupo cuiabano de lojas Dona do Lar, especializada em móveis, eletrodomésticos e telefonia, adotou a medida de dispensa aos funcionários classificados no grupo de risco como prevenção ao avanço do coronavírus em Mato Grosso. Ao HNT/HiperNotícias, o gerente de marketing do empreendimento, Thiago Machado de Brito, detalhou quais serão as ações adotadas pela empresa e destacou a responsabilidade social junto aos clientes e colaboradores como tônica diante da pandemia.

Divulgação

Lojas Dona do Lar

 Fachada de uma das lojas localizada no bairro CPA, em Cuiabá

À reportagem, Thiago apontou que o grupo tem adotado medidas preventivas internas e externas, a fim de proteger tanto colaboradores e clientes quanto orientar a sociedade com informações sobre o novo coronavírus, o Covid-19. A dispensa de funcionários é uma das ações internas da empresa, que também mobilizará profissionais para panfletagem na região central de Cuiabá com orientativos referentes ao vírus.

Internamente, o grupo realiza uma triagem a fim de levantar quantos funcionários estão enquadrados no grupo de risco (idosos, hipertensos, diabéticos e outros). O levantamento será finalizado na tarde desta sexta-feira (20) e, após checagem, os colaboradores destacados serão liberados. Outra ação interna é o adiantamento de férias para os funcionários. A medida objetiva garantir a redução de funcionários expostos sem que a loja tenha que fechar as portas.

Já externamente, o grupo cuiabano mobilizará um quadro de quatro funcionários para realização de uma ação de conscientização no centro de Cuiabá. Dois colaborares distribuirão panfletos contendo um código de acesso rápido ao aplicativo do Sistema Único de Saúde (SUS) que informa dados atualizados sobre o Covid-19 e formas de prevenção. Já os outros dois funcionários irão operar com faixas com mensagens de conscientização. A ação está prevista para ser realizada em uma das áreas de maior trânsito da Capital, no semáforo entre as avenidas 13 de Junho e Isaac Póvoas.

Outra medida destacada pelo gerente de marketing diz respeito ao atendimento ao cliente por meio de redes sociais. “Já fizemos um informativo durante a semana para que o cliente que está em casa e não pode sair pode comprar pelo Whatsapp. O pagamento de faturas também pode ser mediado pela rede social”, disse Thiago. O telefone para contato é o (65) 9.9816-7540.

Divulgação

Lojas Dona do Lar

 Distribuição de kits com produtos de prevenção ao Covid-19

Lojas Dona do Lar

Com a primeira unidade fundada em dezembro de 2017, o grupo de lojas despontou na Baixada Cuiabana no atendimento ao público e qualidade de serviço prestado. Em pouco mais de dois anos no mercado, a empresa alçou franco desenvolvimento com a abertura de 11 lojas. Atualmente, o grupo está presente nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Cáceres, Sorriso, Campo Verde e, em breve, contará com unidades em funcionamento nas cidades de Lucas do Rio Verde e Sinop.

Com 136 colaboradores, o grupo atua nos departamentos de móveis, eletrodomésticos, smartphones, camas, sofás e eletroportáteis. Confira aqui o portal da Dona do Lar, que disponibiliza o endereço de todas as unidades em funcionamento.

Coronavírus

Declarado como emergência global pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o Covid-19, que fez as primeiras vítimas na China, se espalhou pelo mundo e, no início de março, chegou ao Brasil. Em Mato Grosso, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES), há 59 casos suspeitos de contágio pela virulência até a tarde de quinta-feira (19).

Segundo informações da OMS, do Ministério da Saúde, da SES e das Secretarias Municipais de Saúde (SMS), uma das principais formas de combate ao vírus é o isolamento social, a fim de evitar a propagação do Covid-19 e dirimir a proliferação da doença para as pessoas enquadradas no grupo de risco.

Conforme decreto do Governo de Mato Grosso, diversos segmentos estão recomendados e/ou têm liberação para liberação de funcionários. Segundo o governador Mauro Mendes (DEM), a palavra de ordem neste momento é o esvaziamento das ruas, o combate a aglomerações e a promoção do isolamento social.

Credito: Divulgação
Credito: Divulgação
Credito: Divulgação
Avalie esta matéria: Gostei +3 | Não gostei