Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 12h:47

Tamanho do texto A - A+

Projeto aprovado na CAE prevê mandatos não coincidentes entre diretores do BC

Por: CONTEÚDO ESTADÃO

O projeto de autonomia do Banco Central, aprovado nesta terça-feira, 18, pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, prevê que a diretoria colegiada do BC terá nove membros: o presidente da autarquia e oito diretores. Este já é o formato atual do colegiado.

A novidade trazida pelo projeto é que o presidente do BC e os diretores terão mandatos fixos de quatro anos, admitida uma recondução.

Os períodos, no entanto, não serão coincidentes.

Pela proposta aprovada, o mandato do presidente terá início em 1º de janeiro do terceiro ano do mandato do presidente da República.

Os demais diretores serão assim nomeados: dois diretores em 1º de março do primeiro ano, dois iniciarão em 1º de janeiro do segundo ano, dois diretores em 1º de janeiro do terceiro ano e dois diretores em 1º de janeiro do quarto ano do chefe do Planalto.

(Com Agência Estado)
Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei