Sexta-feira, 19 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,58
euro R$ 6,09
libra R$ 6,09

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,58
euro R$ 6,09
libra R$ 6,09

Economia Sexta-feira, 14 de Junho de 2024, 14:45 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sexta-feira, 14 de Junho de 2024, 14h:45 - A | A

Ouro fecha dia em alta e sobe 1,90% na semana, com juro nos EUA e incerteza política na Europa

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

O ouro fechou em alta nesta sexta-feira, 14, e acumulou ganhos na semana, apoiado pelas leituras de inflação ao consumidor e produtor (CPI e PPI, respectivamente nas siglas em inglês) dos Estados Unidos em maio, indicando desaceleração, e também apoiado pela instabilidade política na Europa, enquanto o governo do francês, Emmanuel Macron, perde força antes de uma nova eleição ao legislativo.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para agosto encerrou em alta de 1,34%, a US$ 2.349,10 a onça-troy, com ganho de 1,90% na semana.

A alta semanal do ouro é a primeira dos últimos trinta dias, e o estrategista de pesquisa da corretora online Pepperstone, Quasar Elizundia, explica que a consolidação de apostas por cortes de juros americanos no curto prazo tem suportado os ganhos do ouro, apesar da força do dólar nos últimos dias.

Ele pontua também que a incerteza política nos EUA e na Europa fornece suporte extra ao ouro.

De acordo com o Commerzbank, porém, os cortes iminentes nas taxas de juros dos EUA impulsionaram inicialmente o metal precioso no meio da semana, mas os ganhos foram então limitados pelas projeções atualizadas do Fed, que indicam que as taxas cairão apenas uma vez neste ano.

*Com informações da Dow Jones Newswires

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

 

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros