Domingo, 16 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

Economia Quarta-feira, 22 de Maio de 2024, 06:30 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 22 de Maio de 2024, 06h:30 - A | A

Bolsas da Europa caem após CPI britânico acima do esperado e com queda de montadoras

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

Por Sergio Caldas

São Paulo, 22/05/2024 - As bolsas europeias operam em baixa na manhã desta quarta-feira, na esteira de dados da inflação britânica acima do esperado e pressionadas por uma liquidação de ações do setor automotivo após matéria sobre possível aumento das tarifas chinesas sobre carros importados.

Por volta das 6h50 (de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 recuava 0,34%, a 521,18 pontos.

No Reino Unido, a taxa anual de inflação ao consumidor (CPI) desacelerou significativamente em abril, para 2,3%, mas ficou acima do previsto, afetando esperanças de que o Banco da Inglaterra (BoE) comece a reduzir juros a partir de junho. O ING não descarta a hipótese de um corte de juros pelo BoE no mês que vem, mas admite ser mais provável que a redução só venha em agosto.

No meio da tarde de hoje, quando os negócios na Europa já estarão encerrados, o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) publica ata de sua última reunião de política monetária, quando os juros americanos ficaram inalterados pela sexta vez consecutiva. Diante do comportamento incerto da inflação nos EUA, a aposta é que o Fed não começará a reduzir juros antes de setembro.

No horário acima, o subíndice europeu para ações de montadoras tinha queda de 1,9%, após especialista defender que a China eleve tarifas sobre importações de carros grandes a gasolina para 25%, em entrevista ao jornal chinês Global Times. A atual tarifa de importação da China para carros é de 15%. Apenas em Frankfurt, Volkswagen, Mercedes-Benz e BMW tinham perdas de 1,5% a 2%.

Às 7h03 (de Brasília), a Bolsa de Londres caía 0,31%, a de Paris recuava 0,51% e a de Frankfurt cedia 0,26%. Já as de Milão e Madri tinham baixas de 0,20% e 0,13%, respectivamente. Exceção, a de Lisboa subia 0,27%.

Contato: [email protected]


(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

 

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros