Cidades Quarta-feira, 20 de Julho de 2011, 17:18 - A | A

Quarta-feira, 20 de Julho de 2011, 17h:18 - A | A

ESTADO DE ATENÇÃO

Policlínicas registram aumento de 30% de atendimentos respiratórios

unidades de saúde atendem cerca de 8 mil pacientes por mês, a maioria com problemas respiratórios

ALIANA F. CAMARGO
aliana@hipernoticias.com.br

Imagem da Internet
Crianças são as mais atingidas com a baixa umidade do ar

Policlínicas de Cuiabá registraram aumento de até 30% no atendimento por causa da baixa umidade do ar. Nos meses de julho, agosto e setembro a atenção dobra por causa dos problemas respiratórios.

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) a umidade relativa do ar ficará na casa dos 30% nos próximos dias. As policlínicas do Verdão, Morada da Serra (CPA) e Coxipó estão registrando aumento no atendimento com características diferentes.

Luzenir Alves de Souza, coordenadora da Policlínica do Coxipó, disse que nessa época em que a umidade está muito baixa a atenção é voltada para o equipamento de aerosol.

“Ficamos sempre perguntando se o equipamento está funcionando bem para não termos problemas. Aqui o aumento da procura está sendo por adultos”.

A Policlínica do Coxipó está registrando 9 mil atendimentos por mês, 20% a mais do que os meses anteriores. A unidade de saúde tem 4 saídas para fazer a inalação e segundo a coordenadora é suficiente  para a demanda.

Na Grande Morada da Serra, as crianças de 0 a 8 anos são as que mais estão com problemas respiratórios. De acordo com Edenil Mendes, responsável pela policlínica do bairro, neste meses é registrado mais de 30% no aumento de fluxo de pacientes.

“Registramos nos meses de julho, agosto e setembro de 2 a 3 mil atendimentos a mais e mais de 8 mil consultas por mês. Temos aqui 6 inaladores para os pacientes usarem”, afirma.

No bairro verdão, a procura é geralmente feita por idosos e crianças, em sua maioria por problemas causados pelo tempo seco como febre, bronquite, falta de ar.

Segundo Camila Louzado, coordenadora da Policlínica do Verdão, o fluxo de pacientes está aumentando, o atendimento está superando os 7 mil pacientes por mês e disponibiliza 8 saídas de ar para a realização de inalação.

Em razão da baixa umidade do ar, a Defesa Civil Estadual orienta que não sejam feitas exercícios físicos entre 11h e 15h, que o o ambiente seja umidificado com o auxilio de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água e outros. Sempre que possível, permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas e, aumentar o consumo de líquido.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros