Cidades Sábado, 11 de Junho de 2011, 09:49 - A | A

Sábado, 11 de Junho de 2011, 09h:49 - A | A

FATALIDADE

Polícia apura morte de bebê atingido por TV de 29 polegadas

Criança de 20 meses morreu depois de uma semana internada no PS de Várzea Grande

DA REDAÇÃO

A Polícia Civil de Mato Grosso está investigando as circunstâncias da morte de um bebê do sexo feminino que sofreu traumatismo craniano provocado pela queda de um aparelho de TV de 29 polegadas.

A morte do bebê, de 20 meses, ocorreu na madrugada desta sexta-feira (10) no Pronto-Socorro de Várzea Grande, município da região metropolitana de Cuiabá.

O acidente aconteceu na casa dos pais, localizada na região central de Pontes e Lacerda (distante 446 quilômetros de Cuiabá) na semana passada.

Segundo a polícia em Pontes e Lacerda, I.R.N.M. estava na sala da casa na noite do último dia 1º de junho, quando tentou subir no rack onde estava a TV de 29 polegadas, modelo antigo, que pesa aproximadamente 30 quilos.

A mãe (nome não divulgado) estava na cozinha. Ao ouvir o barulho, correu para ver o que estava acontecendo e deparou com o bebê embaixo do equipamento.

Desesperada, a mãe chamou pelo marido, João Nogueira, que é suplente de vereador no município. O bebê foi no mesmo dia levado para o Pronto-Socorro de Várzea Grande, chegando de madrugada. Médicos que o atenderam atestaram traumatismo craniano.

Na manhã desta sexta, ainda no hospital do pronto-socorro, a família do bebê resolveu doar os órgãos. O corpo da menina foi trasladado para Pontes e Lacerda.

O delegado regional, José Emílio, disse que vai aguardar a ida de familiares, principalmente pai e mãe, à delegacia. A partir dos depoimentos, ele vai averiguar o que realmente aconteceu e depois tipificar o inquérito a ser aberto.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros