Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

Cidades Terça-feira, 13 de Dezembro de 2016, 13:14 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 13 de Dezembro de 2016, 13h:14 - A | A

CONTRA A PEC 55

Em nota, Polícia Civil afirma que vai apurar ato de vandalismo próximo da UFMT

REDAÇÃO

A Polícia Judiciária Civil deve apurar as responsabilidades do ato que provocou a interdição de um trecho da avenida Fernando Corrêa da Costa, em Cuiabá, na manhã desta terça-feira (13). A informação é da assessoria de imprensa da Polícia Civil.  

 

Reprodução/HiperNoticias

Movimento Ocupa UFMT

 

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) tomou conhecimento, por intermédio do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciosp), que pneus estavam sendo queimados na avenida, próximo à Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

 

Equipes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros foram deslocadas imediatamente para o local. Os bombeiros apagaram o incêndio e liberaram a via pública, retomando o fluxo normal de trânsito na avenida no sentido Coxipó/Centro.

 

Pelo apurado preliminarmente pela polícia, o fato ocorrido na avenida caracteriza ação de vandalismo e crime de incêndio e, por isso, será devidamente apurado pela Polícia Judiciária Civil.

 

 

Leia mais sobre o assunto:

 

Contra a PEC 55, estudantes bloqueiam Avenida Fernando Correa em Cuiabá

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

El Cid 13/12/2016

Tem que apurar, inclusive prender os responsáveis pelo prejuizo causado às pessoas, empresas e governos. Não suportamos mais anarquia de idiotas instigados por pilantras que não gostam de trabalhar e não respeitam quem trabalha e produz nesse país!

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros