Cidades Sexta-feira, 01 de Abril de 2011, 12:00 - A | A

Sexta-feira, 01 de Abril de 2011, 12h:00 - A | A

QUÍNTUPLA JORNADA

CRM quer mais valorização da carreira médica

Nova presidente afirma que não existe nenhuma outra profissão que tenha jornada de trabalho compatível com a do médico

Da Assessoria
Dalva da Neves - assume desafios como nova presidente do CRM-MT
O CRM vai intensificar sua atuação na valorização dos médicos, que são obrigados a ter vários empregos para poder complementar renda. Essa é a linha de atuação da nova presidente do Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT), Dalva Alves das Neves, que tomou posse ontem (31) à noite, em cerimônia realizada na sede do conselho.
Dalva afirmou ao Hipernotícias que os principais desafios da categoria continuam sendo os mesmos - a luta por melhores condições de trabalho e pela valorização salarial, tanto no meio público quanto no privado.
Para a médica, não existe nenhuma outra profissão que tenha carga horária de trabalho compatível com a do médico. “O médico tem que trabalhar em cinco empregos e para cada um ganha-se R$ 1.200,00” afirma Dalva.
Na luta pela valorização da carreira, Dalva denuncia que atualmente o Sistema Único de Saúde (SUS) paga R$ 4,50 por consulta. No setor privado, os planos repassam de R$ 40,00 a R$ 55,00, e alguns outros investem apenas R$ 20,00. “Os planos de saúde nos últimos 10 anos repassaram aos usuários 147% de aumento, mas a classe médica recebeu neste mesmo período o reajuste de apenas 44%”, argumenta Dalva.
No dia 07 de abril, o Conselho participará do movimento nacional coordenado pela Federação Nacional dos Médicos e pela Sociedade Médica Brasileira que visa melhores condições de trabalho e de salários, assim como pela excelência no ensino superior das faculdades de medicina.
Dalva está há 13 anos no conselho de medicina e atua como especialista em endocrinologia e nutrologia. Formada pela Universidade Federal Fluminense já foi vice-presidente da gestão do médico Arlan de Azevedo Ferreira, que agora passar a ser seu vice.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros