Cidades Sexta-feira, 08 de Julho de 2011, 09:59 - A | A

Sexta-feira, 08 de Julho de 2011, 09h:59 - A | A

SEM PAZ

Bandidos não temem polícias e assaltam postos na avenida do CPA; veja vídeo da ousadia

Tanto faz ser durante o dia ou noite, comerciantes e trabalhadores sentem-se desprotegidos e cobram mais segurança

Mayke Toscano/Hipernotícias
Posto América é um dos alvos dos assaltantes, que agem sem o menor constrangimento e não se preocupam em disfarçar o rosto

Todos os dias o  (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo em Mato Grosso) recebe pelo menos duas ocorrências de assaltos e furtos em postos de combustíveis da Grande Cuiabá, contabilizando mais de 300 registro apenas no primeiro semestre deste ano. Os bandidos não têm local nem hora marcada para agir, escolhendo até postos bem localizados e nos horários mais movimentados.

Recentemente, por duas vezes, o alvo foi o Posto América, situado na Avenida Rubens de Mendonça (do CPA), uma das mais movimentadas da Capital de Mato Grosso.

 Na primeira ação ocorrida no último dia 26 (domingo) por volta das 7h30, o assaltante, que estava armado, abordou o frentista, e pediu para que este chamasse o caixa – havia apenas dois funcionários trabalhando. O frentista percebendo se tratar de uma tentativa de assalto, ignorou. O bandido anunciou o assalto, e pediu para que os funcionários o levassem até o cofre.

Uma funcionária que, por questões de segurança, não quis ser identificada, contou que o assaltante não possuía nenhuma ferramenta para arrombar o cofre, e apenas insistiu para que os funcionários o abrissem.

O cofre, assegurado pelo sistema boca de lobo, necessita de duas chaves para sua abertura, sendo uma delas guardada por uma empresa de segurança. Impossibilitado de seu objetivo, o assaltante ficou muito nervoso e ameaçou por diversas vezes que iria matá-los.

Os trabalhadores ficaram encarcerados dentro de um quarto e tiveram celulares roubados, "para coibir os funcionários de chamarem a política”, conta a funcionária. O frentista, que não quis se pronunciar, disse apenas que passou por momentos de horror.

A funcionária ressalta que o assaltante sabia tudo sobre a rotina do posto, bem como o nome de gerentes, atendentes de caixas e frentista.

Da segunda vez, dois assaltantes armados – um aparentando ser menor de idade – roubaram pertences pessoais de clientes, na madrugada do último domingo (3). As câmeras de segurança filmaram os suspeitos, que já rondavam o local e até efetuaram uma compra na padaria instalada no pátio do posto.

Em comunicado veiculado pela assessoria de imprensa do Sindipetróleo, o presidente do sindicato e dono da rede de postos, Aldo Locatelli – que foi vítima de três assaltos em menos de 30 dias – alerta que os assaltantes estão sempre muito bem orientados acerca do funcionamento interno das empresas, e orienta aos representantes para que desconfiem de pessoas que fazem muitas perguntas sobre o estabelecimento e seus funcionários. “Muitos bandidos costumam sondar as vítimas”, explica.

OUTRO LADO

O chefe do Comando Regional 1, coronel Zaqueu Barbosa, disse que o planejamento de ações da PM em Cuiabá é feito por meio de estatísticas montadas a partir de números de ocorrências registradas todos os dias pelo atendimento da polícia, o 190. Além disso, explica, temos informações compartilhadas com a Polícia Civil para a estratégia ser bem montada.

No caso dos postos de combustíveis, o coronel afirmou que a maioria dos estabelecimentos está localizada em regiões onde há uma Companhia Comunitária. "Se um assalto ocorrer, a gente (PM) deve logo ser comunicado. Com toda certez o atendimento é feito de forma imediata", defende.

Zaqueu disse que todo fim de semana, a partir das sextas-feiras, o policiamento em Cuiabá é aumentado em quase 100% do efetivo. As principais regiões populosas e onde há presença de muitas pessoas em bares, restaurantes e casas noturnas recebem reforço considerável. "Provamos que há dois meses as ações da assaltantes e traficantes de drogas diminuíram", alegou.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros