Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019, 17h:12

Tamanho do texto A - A+

Vereador se reúne com Blairo e quer candidatura própria do PP em Cuiabá em 2020

Diego Guimarães,consegue um importante aliado na tentativa de emplacar uma candidatura própria do PP no pleito eleitoral de 2020. "PP tem que abrir do Emanuel"

Por: PAULO COELHO

Menos de uma semana depois da declaração do ex-ministro Blairo Maggi (PP), defendendo que o Partido Progressista deve ter candidatura própria para prefeito de Cuiabá, o vereador  Diego Guimarães, que até então apenas considerava a possibilidade de disputar a reeleição, já começa a se articular para tentar se viabilizar como nome da sigla ao Alencastro. Embora cauteloso, não admitindo a condição de pré-candidato a prefeito, Diego quer  que sua legenda busque o protagonismo no pleito do ano que  vem.

Nesse sentido, o parlamentar se reuniu na manhã desta sexta-feira com Blairo, no escritório político  do ex-senador em Cuiabá, ocasião em que este, foi o principal assunto discutido.

Divulgacao

vereador diego guimaraes e blairo maggi

Pepistas Diego e Blairo e um  pensamento em comum: candidatura própria na Capital 

“Ele é uma pessoa que sempre tive como referência. No tempo quando era ministro, ele sempre me recebia lá em Brasília. E nessa última semana ele declarou defendendo que o PP tenha candidato próprio e eu fui dizer pra ele que eu concordo. O Progressista é um dos maiores partidos do Brasil e a segunda maior bancada dento da Câmara Municipal, tem fortes pré-candidatos a vereador e tem que ter candidato a prefeito, especialmente pelo novo quadro político que se apresenta, devido à ausência das coligações partidárias”, disse Diego ao HNT/HiperNotícias.

Blairo disse à imprensa, na última sexta-feira (18), que entende ser necessária uma candidatura própria do PP a prefeito da Capital, ainda que, neste momento não haja um nome definido. O ex-ministro entende que há tempo e espaço no PP, para inclusive absorver novos nomes que queiram disputar a prefeitura.

Diego já está lá dentro. Mesmo sem nunca ter anunciado desejo de disputar o cargo de prefeito, o parlamentar reúne características que podem auxiliá-lo num projeto majoritário, uma vez que dentro do partido, ele é o único que faz dura oposição ao prefeito Emanuel Pinherio (MDB), virtual candidato à reeleição. Pinheiro tem o apoio declarado da executiva municipal pepista que, no staff da prefeitura, tem duas secretarias: a de Trabalho e Emprego e a de Obras, sendo essa última, comandada por Vanderlúcio Rodrigues, atual presidente do PP de Cuiabá.

O principal obstáculo de  Diego Guimarães  tanto na oposição ao prefeito, quanto num eventual projeto majoritário, é justamente o isolamento partidário. Para se ter uma ideia, o próprio líder do prefeito Emanuel Pinheiro na Câmara, Luís Cláudio, já se declarou favorável à reeleição do emedebista.

Na Câmara o PP ainda conta com Vinycius Huguinei  e Orivaldo da Farmácia. Diego, alheio aos correligionários, já conseguiu emplacar no parlamento a CPI da Saúde e é um dos principais defensores da abertura da CPI do Paletó. Essa postura,  chegou a irritar o prefeito, que ameaçou processar Diego e outros vereadores da oposição, por conta de declarações fortes, envolvendo o nome de Emanuel em situações ilícitas.

“Na minha opinião, em hipótese alguma o partido deve manter essa aliança com Emanuel. O PP tem que abrir do Emanuel, o quanto antes. Quem quiser ficar com o Emanuel, que fique com ele, mas o PP tem que pensar é no PP e não em Emanuel Pinheiro. Há uma aproximação do partido com o governador Mauro Mendes [DEM], acho que o PP tem que pensar numa terceira via, apontar para Cuiabá uma via que não seja polarizada entre Emanuel e Mauro Mendes, que seja pensada com setores da sociedade organizada, com lideranças de bairros e com a classe política, com o objetivo de pensar em projetos e não em nomes”, finalizou Diego Guimarães.

Avalie esta matéria: Gostei +3 | Não gostei - 4