Domingo, 16 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

Política Domingo, 12 de Maio de 2024, 20:04 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Domingo, 12 de Maio de 2024, 20h:04 - A | A

"PEDIDO DA MÃE"

Senador e deputados cobrem caixão de Amália com bandeira de MT; veja vídeo

Wellington Fagundes, Fábio Garcia, Gisela Simona e Coronel Fernanda acompanham velório em SP

CAMILA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

 O caixão da deputada federal Amália Barros (PL) foi coberto com uma bandeira de Mato Grosso pelo senador Wellington Fagundes (PL), os deputados federais Coronel Fernanda (PL), Gisela Simona (União Brasil) e o  secretário-chefe da Casa Civil, Fabio Garcia (UB). Fagundes revelou que este foi um pedido da mãe de Amália, Maria Helena Scudeler Barros. A comitiva de MT chegou no início da noite deste domingo (12) a Mogi Mirim, no interior de São Paulo, onde o velório é realizado.

Embora seja paulista, Amália criou raízes em Campo Novo do Parecis (a 400 km de Cuiabá) onde vivia com o esposo Thiago Boava. O casal estava junto há 13 anos e planejava ter um filho. 

"Trouxemos o nosso abraço ao companheiro Boava pois todos estamos sofrendo juntos . É uma simbologia que Mato Grosso está aqui trazendo o nosso sentimento em nome de toda a população", falou Wellington Fagundes. 

Outros parlamentares devem chegar até essa segunda-feira (13), data que está agendada o sepultamento no Cemitério da Saudade, onde Amália será enterrada com o pai. O presidente do PL em MT, Ananias Filho, é a deputado estadual Janaina Riva (MDB) são esperados. 

Abilio Brunini visitou a Amalia no Hospital Nova Villa Star, em SP, onde ela ficou 11 dias internada. O deputado federal não confirmou presença no evento fúnebre. 

VEJA VÍDEO 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros