Quarta-Feira, 04 de Dezembro de 2019, 13h:09

Tamanho do texto A - A+

"Selma vai ser absolvida por 6 a 1 ou 5 a 2", prevê José Medeiros

Por: PAULO COELHO

A senadora Selma Arruda (Pode-MT) será absolvida, na próxima terça-feira (10) "pelo placar de 6 a 1 ou 5 a 2",  no processo de cassação (Recurso Ordinário) que começou a ser julgado ontem (03), pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A previsão é do presidente do Podemos de Mato Grosso, deputado federal José Medeiros, ao analisar que o voto do relator Og Fernandes, pedindo a manutenção da cassação da senadora, já estava previsto. 

câmara dos deputados

VALTENIR PEREIRA

 Medeiros: Otimisto quanto ap Recurso Ordinário que trata da cassação ou não da senadora

Selma recorreu ao TSE após ser cassada em abril deste ano pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), por 7 votos a 0. Pesa contra ela, a prática de caixa dois e abuso de poder econômico, além de propaganda fora do período legal, durante a pré-campanha.

“Pode escrever. Ela será absolvida. Os demais ministros do TSE [ que votarão  na próxima terça] têm uma visão mais holística do processo, diferente do Og Fernandes. Minha dúvida é só quanto ao voto do [ Luiz Felipe] Salamão. Por isso, ou será um placar  de 6 a 1 ou de 5 a 2”, enfatizou Medeiros, ao HNT/HiperNoticias.

Além disso, conforme ele, há ainda um outro embate em tela. Seria uma espécie de queda de braço entre os ministros Luiz Roberto Barroso e  Gilmar Mendes.  O primeiro é membro atual do pleno do TSE e Mendes, o segundo,  foi presidente da corte eleitoral até o ano passado. Ambos  também são ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

“A cassação de Selma, fortalece o Gilmar e o Barroso pensa diferente e não vai querer fortalecê-lo”, avaliou Medeiros, admitindo porém, que o adiamento do julgamento para terça-feira que vem não foi para Selma. 

“Seria melhor se fosse concluído tudo ontem, mas  mesmo assim esse é meu placar”, completou. 

A hipótese de cassação, segundo José Medeiros, sequer está sendo considerada pelo Podemos, mas, se ela ocorrer, a senadora será mesmo assim, “um forte capital político que teremos no Estado, para somar no partido nas próximas eleições”.

A reportagem do HNT/HiperNoticias, tentou ouvir a senadora sobre o resultado parcial do julgamento da noite dessa terça-feira, mas ela não quis se manifestar.

Também  mantivemos contato com o senador Álvaro Dias, principal responsável pela filiação de Selma ao Podemos. Ele estava em reunião e se limitou a dizer que o julgamento não acabou ainda. HNT/HiperNotícias apurou que Álvaro Dias acompanhou pessoalmente o julgamento  parcial no TSE nessa terça-feira e  de lá, enviou  mensagem de otimismo e de apoio à senadora.

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei - 4



4 Comentários

Pedro Oliveira - 05/12/2019

No comentario do Dep. Jose Medeiro dizendo da absorvição da Senadora, por 6 x 1 ou 5x2 acredito que ele quiz dizer ela sera cassada por 6 x 1 ou 5 x 2, se os ministros analisar corretamente o processo de sua origem em MT sera 7 x O. Ela como juiza procurou ser exemplo e porque com ela tem que ser o contrario.

Ricardo Rosa - 04/12/2019

O Deputado esta afirmando que o Ministro Barroso vota em favor da Senadora só porque acha que vai fortalecer o Ministro Gilmar Mendes? Acho que o Ministro Barroso vota no cumprimento da Lei, tem sido severo com os contraventores e a Senadora cometeu vários crimes de caixa 2. De duas uma: ou o senhor sabe do voto do ministro e revelou ou o senhor é um fanfarão pra não dizer MOLEQUE , inconsequente e irresponsável.

Robson Souza - 04/12/2019

Fanfarão. Moleque, brincando com a desgraça da Ex senadora na tentativa de depois sair candidato e ser simpático aos eleitores dela. oportunista.

Roberto Almeida - 04/12/2019

Esse Deputado tem duas coisas que poderia esclarecer melhor para dá um de mãe Diná. Ou ele esra falando porque vai usar a mesma artimanha que permanecer no Senado depois da falcatrua da Ata ou ele é um tremendo de um moleque falastrão. Semana que vem saberemos o nível de cidadão ele é.

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA