Segunda-Feira, 13 de Janeiro de 2020, 15h:25

Tamanho do texto A - A+

Prefeito chama de ‘farsante criminosa’ servidora que confessou ter mentido sobre esquema e cita que irá processá-la

Por: WELLYNGTON SOUZA

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) afirmou que a servidora municipal de Saúde, Elizabete Maria de Almeida, não passa de uma farsante criminosa e que irá processá-la. Em dezembro, ela foi à Delegacia de Crimes Fazendários (Defaz) e denunciou um possível esquema de pagamento de propina entre o chefe do Executivo Municipal a vereadores da Capital, com o objetivo de agilizar a cassação de Abílio Júnior (PSC). Entretanto, na última semana, a funcionária do Hospital São Benedito prestou um novo depoimento à Delegacia de Combate à Corrupção (Deccor), no qual ela confessa ter participado de uma armação para prejudicar o emedebista. 

A servidora disse ainda que teria sido induzida por Abílio.

Luiz Alves / Secom

Emanuel Pinheiro

 

Farsante criminosa. O sentimento que eu tenho é de indignação. Me revolta o que essa mulher fez - patrocinada não sei por quem e aí as investigações vão desvendar- é um ato criminoso, ato perverso, de maldade pura. A que ponto chega a maldade do ser humano, a falta de limites e a vontade de destruir por destruir, de caluniar, de inventar uma história dessa”, disse nesta segunda-feira (13), durante o evento que instituiu o Alvará de Construção Automático em Cuiabá, na sede do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA-MT).

Conforme a denúncia inicial de Elizabete, no dia 21 de novembro, ela teria presenciado uma possível compra de votos por parte do prefeito com intuito de acelerar o processo de cassação de Abílio na Câmara. A reunião teria acontecido na casa do parlamentar Juca do Guaraná (Avante). 

Porém, no último dia 7, a servidora voltou atrás e disse que nunca esteve na residêndia de Juca. À polícia, ela entregou uma série de provas de que esteve reunida com Abílio, no dia 26 de novembro, um dia antes dela ir à Defaz e registrar um Boletim de Ocorrências contra Emanuel.  

“Uma farsante criminosa, repugnante. É uma situação, uma coisa que me revolta muito, expondo uma mentira dessa. Uma coragem que beira à loucura. É uma psicopata. Não sei como que ela teve a coragem de fazer isso tudo, sabendo que era mentira. Ela sabia que era mentira. Uma pessoa dessa é normal? Quem está por trás dela agiu de forma responsável? Se é que tem gente por trás, eu não sei. As investigações vão dizer, tudo leva a crer que tem”, declarou Pinheiro, ressaltanto que irá processar Elizabete. 

“Meus advogados já estão tomando todas as medidas. E com certeza muitas coisas terão que ser decididas na Justiça, porque isso aí não vai ficar impune”, finalizou o prefeito.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei



Últimas Notícias