Terça-feira, 21 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

Política Sábado, 14 de Maio de 2016, 08:00 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sábado, 14 de Maio de 2016, 08h:00 - A | A

MÁ GESTÃO

Oscar Bezerra afirma que folha de pagamento cresceu 235%, em sete anos e culpa Silval por crise

JESSICA BACHEGA

As justificativas apresentadas pelo ex-governador Silval Barbosa (PMDB) durante os dois dias em que prestou  depoimento nesta semana, como testemunha,  na  Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Copa, não convenceram o presidente das investigações, deputado Oscar Bezerra (PSB), que afirmou que o peemedebista também é culpado pela dificuldade que a atual gestão está atravessando em pagar o Reajuste Geral Anual (RGA) aos servidores do Executivo. O deputado salientou que as leis de carreira e as tantas obras inacabadas prejudicaram o orçamento da atual gestão.

 

Alan Cosme/Hipernoticias

silval barbosa

 

“O senhor citou um negócio aí e eu sou um deputado da base do governo e eu gostaria de fazer uma contraposição. Na minha visão, a responsabilidade também do governador estar com dificuldade de cumprir o RGA dos funcionários públicos é do senhor e desta Casa, que aprovou todas as leis de carreira de funcionário”, disse Oscar Bezerra ao ex-governador, durante a CPI. 

 

Em seu discurso, o deputado defende a teoria de que Silval Barbosa fez as alterações, em relação às leis de carreira, como uma forma de tentar  arrecadar votos nas eleições que se aproximavam. E garantir mais quatro anos à frente do Executivo Estadual.

 

“Teve ano de 50% de elevação, salvo engano, o ano que o senhor foi reeleito governador. Não sei se por causa da reeleição, teve uma elevação exorbitante para cooptar, de repente, 90 mil votos de servidores naquela eleição”, afirmou. 

 

Além de almejar a reeleição, o deputado também mencionou o atual ministro Blairo Maggi, que foi antecessor de Silval Barbosa no governo do Estado, como responsável de parte das adversidades enfrentados atualmente, devido aos problemas deixados para sua gestão. 

 

“E agora estamos passando um momento difícil para este Estado, por uma série de problemas que obviamente o senhor também herdou do governador Blairo Maggi, mas que, para se fazer justiça, eu tinha que falar aqui nessa questão específica do RGA. Foi uma irresponsabilidade gigante de fazer essa progressão salarial de muitas carreira, sem o Estado ter condições de fazer. A arrecadação do Estado nos últimos sete anos subiu 156%, mas a folha de pagamento subiu 235%”, ressaltou.

 

De acordo com a legislação estadual, em maio, o governo deve fazer a reposição referente à inflação do ano anterior. Os salários deverão ser reajustados conforme o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de janeiro a dezembro de 2015, que foi de 11,27%.

 

Porém o Governo já afirmou que não irá pagar o reajuste este mês e que não tem previsão de quando poderá efetuar o pagamento, alegando que se fizer a reposição a folha de pagamento para o próximo mês ficará comprometido.

 

“Então, é obvio que a obrigação do governo atual é cumprir com o RGA, mas eu queria fazer esse registro histórico aqui para que a verdade seja reestabelecida, uma vez que a culpa nesse momento, não atribuo ao nosso governador Pedro Taques. Silval disse no meio de uma fala que nunca atrasou salário, que sempre pagou o 13º em dia e que nunca sequer cogitou discutir o pagamento ou não do RGA durante o governo dele”,  defende o deputado.

 

Durante a audiência, o parlamentar ressaltou também as inúmeras obras deixadas pelo ex-governador, que afirmou ser um “legado” para os cuiabanos, entretanto tem representado mais despesas para os cofres públicos. 

 

O presidente da comissão afirmou que já atuou no poder Executivo e pode dizer sobre a forma como determinados assuntos devem ser conduzidos, de forma que classificou como má gestão, a quantidade de obras parcialmente executadas.

 

“Eu também já fui do Executivo, obviamente que em uma proporção muito menor, mas sei que a transparência, a eficiência e a responsabilidade são fatores preponderantes para o resultado de qualquer obra pública. Quando nós falamos que foi um erro de gestão é porque o nosso entendimento é de que a má condução dessas obras foi um dos principais problemas que levaram a não conclusão delas. A falta de projeto, a falta de cuidados específicos. Quando o senhor lança um edital sem a dotação orçamentária necessária, quer dizer que começou errado desde a raiz”, finalizou o deputado.

 

Com o depoimento do ex-governador foram encerradas as oitivas da CPI que terá seu relatório divulgado dentro de 30 dias.

 

Ameaça de greve geral

 

Sem avanço nas negociações com o Governo, parte dos sindicatos já definiram que no dia 17 de maio farão uma mobilização geral e 24 horas, e as 32 categorias representadas pelo Fórum Sindical irão parar.

 

Caso não haja posicionamento do Estado para o pagamento, no dia 24 os servidores irão decidir se irão deflagrar greve geral.

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Carlos Nunes 14/05/2016

Pois é, se ontem o Jornal Nacional disse pró mundo todo que o governador do Rio recebeu 5% de propina pela reconstrução do Maracanã; hoje, outro Jornal da Globo disse que o governador do Amazonas recebeu 10% de propina pela construção da Arena do Amazonas...se o delator premiado, que representa uma grande Empreiteira nacional, continuar falando mais, será que chega até a Arena Pantanal. Bidu. É bom que ele conte tudo...cada vez que ele contar mais, vai provar que Copa 2014 foi armada só para roubarem...começando da FIFA corrupta, aonde presidente e secretário foram expulsos por corrupção...A FIFA veio pró lugar certo, o país aonde a praga nacional, não é o mosquito da dengue, é a corrupção mesmo; mas a reza do povo é braba, todos os dias milhões de brasileiros rezam para DEUS mandar descer a sua Justiça que não falha; que a FIFA implodiu - não aguentou a força da oração do povo brasileiro.

positivo
0
negativo
0

Carlos Nunes 14/05/2016

Pois é, e ainda o Silval propala que nunca houve um governador tão bom quanto ele...é tão bom, mas tão bom, que acabou preso. Vôte! O que enterrou o país foram as politicas econômicas erradas do PT, nesses 13 anos, além da má gestão, das prioridades equivocadas e da roubalheira desenfreada. Exemplos de prioridades equivocadas foram a Copa 2014 e as Olimpíadas...participar de Copa e de Olimpíada é bom, mas CUSTEAR tudo isso é ruim prá burro. Resultado: Ontem o Jornal Nacional mostrou que na reforma do Maracanã, para a Copa 2014, o ex-governador do Rio de Janeiro cobrava 5% de propina dos Empreiteiros; mais ou menos o que o Éder Moraes disse para promotores, e que o Fantástico, na matéria Cadê o Dinheiro que estava Aqui, mostrou a nível internacional...que levaria R$ 5 Milhões de Reais na Arena Pantanal e mais R$ 5 Milhões no VLT. Agora o Jornal de Record já fez 5 matérias, intituladas RIO DE JANEIRO NA LAMA, aonde acusa corrupção e até aponta suspeitos nas Olimpíadas...e as obras mal feitas começam a despencar e até matar gente, como foi o caso da ciclovia no Rio. É a mesma novela que se repete, num Vale a Pena não ver de novo, mas tem que ver porque é a realidade.

positivo
0
negativo
0

2 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros