Sábado, 18 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

Política Quarta-feira, 12 de Outubro de 2016, 17:20 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 12 de Outubro de 2016, 17h:20 - A | A

MINORIA NA POLÍTICA

Mulheres representam apenas 10% dos eleitos às prefeituras de Mato Grosso

PABLO RODRIGO

Apesar das mulheres serem a maioria no que se refere ao eleitorado mato-grossense, os resultados das eleições municipais deste ano elegeu poucas mulheres para os cargos de prefeito e vereador. Das 51 candidatas que disputaram o cargo, apenas 15 foram eleitas, do total de 141 prefeituras em disputa.

 

Reprodução/HiperNoticias

lucimar, luciane e thelma

 

Apenas nove partidos conseguiram eleger candidatas para o comando dos executivos municipais. O PSDB elegeu quatro prefeitas das 11 tucanas que disputaram o pleito. Destaque para a ex-deputada federal Thelma de Oliveria (PSDB), eleita em Chapada dos Guimarães.

 

Já os Democratas elegeram três prefeitas das quatro lançadas pela sigla. A prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos (DEM), foi reeleita com 76% dos votos na segunda maior cidade do Estado.

 

O PMDB que havia lançado seis candidatas para a disputa, conseguiu eleger duas prefeitas: Beatriz de Fátima Sueck Lemes, a Bia, em Nova Monte Verde, e Mauriza Augusta de Olivera em em Nova Brasilândia.

 

Depois aparecem o PSB que das cinco candidaturas femininas, elegeu apenas a ex-deputada estadual Luciane Bezerra em Juara. O PR e SD lançaram três candidatas a prefeita cada um. Porém elegeram apenas uma mulher para o comando da prefeitura de Sinop, Rosana Martinelli (PR), Janailza Taveira Leite (SD) em São Félix do Araguaia.

 

O PV elegeu uma de duas candidaturas feminina. A sigla comandará o município de Denise com Eliane Lins da Silva.

 

O PT e o Pros lançaram cada uma candidata e ambas foram eleitas. Os petistas terão a professora Mabel de Fátima Melanezi Almici no município de Castanheira e o Pros comandará Juruena com Sandra Crozetti.

 

Vereadores

 

Já em relação às candidatura femininas ao cargo de vereador no Estado, dos 1404 vagas, 189 ficaram com as mulheres.

 

O reflexo desse número baixo de mulheres eleitas aparece de maneira mais gritante em Cuiabá, que não terá nenhuma mulher entre os 25 vereadores da próxima legislatura (2017 a 2020).

 

O PSD foi a sigla que mais elegeu vereadoras. Foram 26 das 221 candidaturas lançadas. O PSDB ficou com 22 mulheres espalhadas pelos 141 parlamentos municipais. O PSB vem em seguida com 20 vereadores eleitas, seguido do PMDB que elegeu 19 mulheres para o cargo vereadora.

 

O PDT vem logo atrás com 13, o PR, DEM e PP com 12 cada; Solidariedade com 10 vereadoras, PSC com nove, PT terá oito; PTB seis e PPS com cinco.

 

O Partido da Mulher Brasileira (PMB) elegeu quatro vereadoras das 39 que lançaram à disputa eleitoral no Estado.

 

Já o PV elegeu três vereadoras, o Pros duas e o PHS e PSL, uma vereadora cada.

 

No Brasil inteiro, foram eleitas 8.434 candaditas mulheres entre prefeitas e vereadores, o que representa apenas 13% dos 63.237 cargos em disputas nestas eleições.

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros