Segunda-feira, 17 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

Política Quinta-feira, 08 de Novembro de 2018, 17:40 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quinta-feira, 08 de Novembro de 2018, 17h:40 - A | A

DELAÇÃO DE ALAN MALOUF

Janaina Riva afirma que servidores estariam ocultando provas contra Taques

LEONARDO HEITOR

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) voltou a defender o afastamento do governador Pedro Taques (PSDB) do cargo, mesmo faltando pouco mais de um mês e meio para o final do mandato do tucano. Segundo a parlamentar, em entrevista à Rádio Capital, é importante ver o posicionamento dos seus colegas de Assembleia Legislativa (ALMT) em relação às denúncias feitas pelo empresário Alan Malouf em delação premiada.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

janaina riva

 

O empresário revelou em acordo, firmado junto a Procuradoria Geral da República (PGR) e homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que Pedro Taques teria sido beneficiado por um esquema de Caixa 2 durante a campanha para o Governo do Estado em 2014, ono qual o tucano foi eleito ainda em primeiro turno. Janaina revelou, inclusive, que servidores estariam manipulando possíveis documentos referentes ao caso.

 

"O importante de colocar o afastamento em votação no plenário é para que os deputados se posicionem em relação ao conteúdo delatado pelo Alan Malouf, que é grave. Ontem, por exemplo, recebi mensagens de servidores, meia noite, tirando lotes e movimentando documentos dentro do Palácio Paiaguás, que aparentemente se tratam de coisa que foram citadas na delação. Esta é minha preocupação", afirmou. 

 

Para a parlamentar, as provas poderiam confirmar as denúncias feitas por Alan Malouf. Segundo Janaina Riva, Taques estaria usando a própria estrutura do Palácio Paiaguás para fazer sua defesa. A deputada ressaltou que o governador estaria tentando, desta forma, dizer que o conteúdo apresentado pelo empresário seria mentira.

 

"Minha preocupação era a de que situações como estas não ocorressem. O governador está usando a estrutura do Palácio Paiaguás para promover sua defesa. Quando se usa a possibilidade de ocultar provas e fazer qualquer modificação para evitar a punibilidade, é uma tentativa de dizer que tudo que foi relatado é mentira", completou.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros